6/30/2008

AVISO


Devido a dificuldades técnicas, esta padaria está encerrada até novas ordens.

Pedimos desculpa aos clientes e esperamos ser breves.


6/27/2008

Acham normal receber uma multa em casa por se ter sido apanhado na auto-estrada a 130? Não? Pois nós recebemos!
Porra, a 130 na auto-estrada é um tal vê-los passar! Até parece que vamos de carro a pedais!...
Deve ser a isto que se chama azar do caraças...

6/26/2008

DE COMO AS CRIANÇAS SÃO SENSÍVEIS A COISAS BELAS


A casa onde eu morava quando era criança era no campo. A meia dúzia de quilómetros daqui, é certo. Mas ao tempo, era campo. Por isso, talvez atraídas pelas inúmeras bostas dos inúmeros animais domésticos e trabalhadores que por ali partilhavam o dia-a-dia com os humanos, as moscas eram uma praga. Não era possível estar em lado nenhum sem que um bando de moscas furiosas nos atacassem com picadas ácidas constantes. Dentro de casa, os cuidados redobravam-se, que elas eram atrevidas e muito caseiras.

E como naquele tempo os meios de combate eram poucos e pouco sofisticados, a maior parte das pessoas protegia-se com umas tiras compridas empastadas duma cola muito pegajosa que se penduravam no tecto.

Um dos meus passatempos favoritos, quando não tinha que decorar rios e montanhas nem me apetecia cortar rabos às lagartixas, era ficar deitada em cima da cama, muito satisfeita, de braços cruzados por baixo da cabeça, a observar a multidão de moscas que eram apanhadas na substância pastosa em pleno voo, e depois lá ficavam coladas a espernear, até que a tira estivesse tão cheia que dava a sensação de ser uma serpente negra em movimento.

6/25/2008

PEQUENAS PÉROLAS DE SABEDORIA

São as notinhas que vêm coladas aos pensos Ausonia.
Esta, por exemplo, que nos explica que os homens têm ciclos hormonais.


A gente já sabia. E também que na maior parte dos casos duram dois minutos e são seguidos de várias horas de sono profundo.

Mas o bocadinho de papel não dá para explicar tudo.

6/24/2008

VEJAM SÓ O QUE EU DESCOBRI!

Estou super-emocionada! Descobri que aqui, em plena cidade de Aveiro, há pelo menos duas pessoas que têm um carro destes:

...ou então destes:


Quer dizer, eu ainda não os vi. Mas vi as garagens. Com uma altura destas e com o sinal de proibição de estacionamento na porta, é óbvio que só pode ser um daqueles modelos de carros, não acham?
Acho que vou parar mais pelo Canal de S. Roque a ver se os vejo chegar com os carros. É que na verdade eu nunca vi nenhum ao vivo!

6/23/2008

ESTES DESAFIOS SÃO SEMPRE BONS PARA QUANDO SE ESTÁ EM CRISE DE INSPIRAÇÃO. OBRIGADA!

E quando eu pensava que já não havia correntes nos blogs, eis que o dono deste blog me desafiou a dizer:

1. Qual é a minha música favorita.
Vejamos. Eu não tenho uma música favorita e acho muito difícil ter uma música favorita de forma permanente e constante durante toda a vida. Por isso, digo que a minha música favorita neste preciso instante, é esta:



É uma das velhinhas. Mas daqui a cinco minutos, pode já ser outra qualquer.

2. Seis palavras que resumem a minha biografia. Eu diria que isto é que é pedir a uma criatura que tenha poder de síntese, caramba! Vamos lá tentar.
Nasci
Cresci
Escola
Liceu
Universidade
Trabalho
Já não tenho direito a mais, por isso é talvez a auto-biografia mais pobre de todos os tempos.

3. Uma frase de que gosto.
"Piaçaba ao poder!"
Não sei porquê mas gosto desta.

E pronto. É suposto eu passar isto a alguém, por isso passo... a quem a queira agarrar. Como as pombinhas da catrina.


Olá queridos clientes. Hoje ainda não estão muito bem dispostos, eu sei. É lixado sairmos para a rua vestidos de palhaço, todos de verde e vermelho, de cara pintada e com um chapéu ridículo, e depois ter que fazer o caminho todo de volta até casa, de trombas e com aquilo vestido. Eu sei. Por isso vou ser meiguinha.
Vamos ver então os acontecimentos da semana:

1. O mais importante foi, claro, mais uma vez, a abada que a selecção levou e que até a mim doeu, confesso. Ainda para mais com os alemães, fogo! Se nós aqui estamos assim, imaginem os desgraçados dos tugas que lá trabalham, geralmente em empregos de merda… Hoje, até lhes devem cuspir em cima!
Mas não faz mal! O nosso grande Madail já se está a preparar para pôr cobro, duma vez por todas, a estas chatices que só servem para nos tirar o apetite. Vai arranjar um português para substituir o Scolari, que obviamente, como mora cá, tem cu e tem medo, e como tal vai vergar o espinhaço a tudo quanto é cacique do futebol, escolhendo quem lhe mandarem. Assim, rapidamente voltaremos aos tempos tranquilos em que só íamos aos campeonatos por acidente e mesmo assim ficava logo tudo resolvido nos oitavos com uma eliminação à maneira. Nem nos chegávamos a chatear!
2. Esta semana, para animar e não ser só depressão, uma chavala resolveu repetir o feito de ir ao hospital de Penafiel roubar um puto. Como se viu, é fácil, e sempre se vai fazendo as delícias dos consumidores de notícias-choque. O povo emociona-se, chora um bocado, fala daquilo na mercearia e nos autocarros e depois assiste à festa e reza à senhora de Fátima quando o fedelho aparece. É bem.
3. Os exames nacionais foram um sucesso. O pormenor do meu sobrinho de sete anos conseguir resolver a prova de matemática do nono ano, isso não interessa nada. Arre, que o pessoal nunca está satisfeito!
4. E já que não pudemos fazer a festa do euro, substituímo-la por um buzinão na terça-feira contra o aumento do preço dos combustíveis. É diferente no conteúdo mas igual na forma… e também no efeito, já que eu ponho o pescoço em como o pessoal da Galp não deixou de dormir sossegadinho e para o mesmo lado de sempre.
5. E finalmente, uma notícia vinda de Espanha, que infelizmente mostra bem como aquilo é muito mais animado do que cá. O PP (o de lá, claro), acabou de nomear como número dois do partido Maria Dolores de Cospedal, separada e mãe por inseminação artificial. Nós aqui, temos o Paulo Portas… Olé…

E pronto queridos, por hoje é tudo. Tentem animar-se que o verão já começou e o povo vai começar a ir à praia fazer de tosta.

Beijinhos da vossa

Rosarinho

6/20/2008

QUE VIVA ESPAÑA!

Pronto, agora vamos torcer pela Espanha, que é o que nos resta.
Até porque é bom mesmo ajudarmos a dar algum alento, já que não é com este hino que eles se safam, não não...

6/19/2008

FUTEBOL, QUE É ISSO?


Deprimente foi ver os empregados da limpeza do estádio, todos portugueses, a dizer ao repórter que não podiam ver o jogo apesar de estarem no estádio porque se os chefes os apanhassem a espreitar, estavam lixados.

Isso torna irrelevante ganhar ou perder jogos de futebol.

Bom bom, era que fossem os suíssos a limpar o nosso esterco.

6/17/2008

E O POVO UNIDO...


Por estes dias tem aparecido nos "Arcos" um cidadão de origem chinesa a vender produtos relacionados com a euforia da ordem: Bandeiras, cachecóis e chapéus. Deixa a banquinha estrategicamente montada ao pé da senhora que há anos já lá vende doces regionais de todo o lado menos daqui onde se incluem pastéis de tentúgal e outros, e vai para as entradas da rotunda das "Pontes" vender bandeirinhas daquelas lindas de fixar nos vidros dos carros.

Quando alguém se aproxima da banca dele, seja para ver, comprar ou só mexer no que está quieto, ela puxa por todo o fôlego que tem nos pulmões, estica o pescoço e grita um "OH CHINÊÊÊÊÊÊÊÊS!!! OH!", com a voz potente que Deus lhe deu e que se consegue ouvir na estação da CP.

Quem estiver distraído, pode pensar tratar-se dum insulto de motivação xenófoba. Mas não. É puro corporativismo de classe.

HÁ COISAS QUE ME ULTRAPASSAM


E digam lá se estes gajos não são parvos. Foram a empurrar o autocarro daqui até ao cu de judas, mesmo que fosse para os deixar na primeira paragem que era Genebra, aquilo já era um esticão do caraças, e ainda resolveram fazer um desviozinho por Viena que são mais uma porrada de quilómetros.
Mal "acomparado", era como ir-se-me o carro abaixo, eu pedir a uns gajos para empurrar a ver se ele pegava e dizer-lhes: - Ah, e já agora podemos passar ali no Forum e depois ir até Coimbra ao Dolce Vita e tal..."

Mas há mais, depois de terem alancado desta maneira bruta, fizeram um boicote à Galp, que é precisamente a dona do autocarro, como se andassem zangados com a gaja desde sempre.
E mais ainda: No final disto tudo não houve quem perguntasse quem é que se esqueceu de atestar o depósito com a tal vontade de vencer.
Há coisas que me ultrapassam. Mas não este autocarro, que vai no máximo a uns 5 à hora.

6/16/2008

Olá queridos clientes, estão bons? Espero que sim, que já vos tenha passado o “melão”. A vida continua e vamos lá admitir: A malta estava mesmo a precisar de acalmar o pito.
Ora vamos lá ver então os acontecimentos desta semana que, não, meus queridos, não foi só futebol.

1. No dia 10 lá tivemos então o dia de Portugal, que como sabemos é um dia em que a televisão debita umas secas e as famílias vão passear para o shopping. Ninguém liga àquilo, ninguém sabe o que é (ainda para mais com o presidente a baralhar tudo com aquela da raça) e todos têm raiva a quem sabe. Eu, no entanto, que sou uma rapariga atenta, lá fiz o esforço de olhar para a programação durante cinco minutos e vi um senhor a dizer que estavam a mostrar o que se fazia com o nosso dinheiro, e que era basicamente brincar aos soldados, aos aviões e aos helicópteros. Como exercício de humor foi fraquito, mas se ele tentar, para a próxima consegue melhor!
O Sr. Presidente fez um discurso onde disse que os emigrantes são a imagem do país. Ok. Quer dizer que a nossa imagem é a dum gajo de bigode e volta de ouro ao pescoço. Eu, pela parte que me toca, fico felicíssima.

2. O tratado de Lisboa foi chumbado por um referendo na Irlanda, o que também não deixa de ser engraçado e quase poético. Senão vejam: Um tratado fabricado no país com o segundo lugar em número de broncos, foi chumbado pelo país com o maior número de broncos, em termos absolutos e relativos. Deve ter sido aquilo a que chamam a justiça divina. E se tivermos em conta que aquilo, afinal, só interessava em termos de carreiras políticas, podemos cagar para isso e ir em frente, já que a maior parte de nós é coisa que nunca terá na vida. Olha eu!...

3. Cavaco Silva inaugurou o pavilhão de Portugal na Expo 2008 em Saragoça. E o que toda a gente pensou logo foi: Então e qual foi a bujarda desta vez? Mas parece que se portou benzinho.

4. Pegou a moda das greves de tudo o que tem rodas e volante. Primeiro foram os camionistas, depois os gajos dos reboques e agora os bombeiros. E com esta merda toda, ou não fôssemos nós os intrujas do costume, há logo quem venha tentar ganhar uns trocos com a crise. Eu, esta semana recebi por mail uma proposta que era mais ou menos isto.


Do que é que estão à espera para entregar um globo de ouro a este gajo? E de lhe dar com ele nos cornos?


5. E para acabar, claro, a incontornável selecção, sempre fonte de imperdíveis episódios. Pronto, está bem, eu não falo daquilo de termos perdido a dois secos com os bombos da festa, vamos fazer de conta que não aconteceu e passar aos fait-divers, nos quais somos especialistas.
Scolari vai mudar para o Chelsea por uma quantia que dava para pagar o défice orçamental e, desde que saiu a notícia, aquilo tem sido um festival! No sábado, numa conferência de imprensa, mostrou que, além de não saber a língua dos bifes, pensa que os vai comer na boa. A mim parece-me que os gajos não são do lombo, são mais rabadilha. E de vaca velha!
Já a Grécia, está fora. A vida tem destas coisas! Já eu, uma vez, resolvi jogar Pro Evolution Soccer na Playstation, sem perceber nada daquilo, e ganhei logo o primeiro jogo. Não tinha jeitinho nenhum para a coisa e ainda hoje não sei como fiz aquilo. Nunca mais consegui ganhar nenhum.
Também gostei de saber que o Cristiano Ronaldo, com duas assinaturas em duas camisolas, enquanto punha o gel no cabelo com a outra mão, angariou logo ali 100000 euros para as crianças vítimas do terramoto em Sichuan. Por mim tudo bem, até acho uma boa. Só que estas merdas é como tudo, até a serem porreiros eles podem mais que nós. Se eu quisesse angariar 100000 euros para as crianças de Sichuan, bem… nem quero pensar no que teria que fazer nem durante quanto tempo!

E pronto queridos clientes, já me estou a esticar demais e depois ninguém tem pachorra para ler isto. Fiquem bem, mesmo com mais uns diazitos de chuva, e agarrem aí uma beijoca da vossa

Rosarinho

6/12/2008

UMA EXPERIÊNCIA EXCLUSIVAMENTE CIENTÍFICA

No dia 3 de Junho p.p. pus no youtube este vídeo dum avistamento de ovni em Portugal. Até hoje, já foi visto 500 vezes (o que não é chita para um videozinho de merda no youtube) e tem links para vários sites, como por exemplo este, este e este.
Em princípio, a minha intenção era só ver no que é que dava, com espírito totalmente científico, e depois apagá-lo. Não tinha intenção de ter uma filmagem do comando da minha televisão a reflectir o candeeiro da sala a manchar a minha página no youtube. Mas agora, tenho pena. Coitadinhos, estão tão contentes!
Sou um coração mole!

6/11/2008

É QUE HÁ GAJOS TÃO NABOS, MAS TÃO NABOS, QUE NEM SE PERCEBE COMO HÁ QUEM LHES PAGUE PARA FAZER SEJA O QUE FOR



O júri da padaria Farinha Amparo, depois de reunir de urgência, deliberou atribuir a este anúncio o título de "Anúncio Mais Imbecil de Todos os Tempos".
E nem é por causa daquele lugar-comum que todos os imbecis têm enfiado nos cornos, de que as mulheres são umas cabras umas para a outras e mais não sei quê, que essa merda é tão batida que já nem interessa nada.
O problema é mesmo técnico, e o gajo que fez isto nunca viu uma mulher, nunca falou com nenhuma e deve ter vivido até agora rodeado de comandos e camionistas.
Porque qualquer palerma sabe que as partes que o bikini cobre são precisamente aquelas duas que ninguém quer perder, mesmo depois de ter feito uma dieta, e que um bikini XS é sinónimo de "não ter ponta por onde se lhe pegue". Dah!

6/10/2008

DIA DE QUÊ???!!!

E pronto, esta merda bateu no fundo. O presidente da república virou skinhead e já só lhe falta rapar o cabelo e tatuar uma cruz celta na moleira. A propósito do dia que hoje se comemorou (com a pompa e o protocolo e os bocejos que nos são peculiares), disse ele que se trata do "Dia da Raça". Assim, a seco, na melhor tradição salazarenta e skinhead, e fazendo as delícias do Bloco de Esquerda que logo lhe saltou para cima tipo jogo do macaquinho de chinês como eles gostam de fazer, a gritar "Mexeu-se! Mexeu-se!"
E é assim: nós, aqui na padaria, que até somos monárquicas e tudo, não achamos piada nenhuma a esses ataques políticos fraquinhos do género "O Sócrates assinou uns projectos!" ou "O Sócrates fez a disciplina de Inglês à paiada!". Mas digam lá... acham que o D. Duarte, que é segundo a vox populi dominante e que dá jeito ao regime, o "palhacinho"... fazia uma palhaçada destas? Assim a escorregar desta maneira como se tivesse um armazém de cascas de banana debaixo dos pés? No way!

6/09/2008

NESTE FIM-DE-SEMANA PASSEI POR LONGOS MOMENTOS DE ÓCIO

ENTÃO RESOLVI DEDICAR-ME À ARTE.




Olá queridos clientes! Como sempre, espero que tenham tido uma boa semana e, sobretudo, que tenham resistido à tentação de pendurar uma bandeira do chinês na varanda com as molas da roupa. Há que manter o nível! Vamos então ver o que se passou nos últimos dias:

1. Selecção Nacional 1: Acompanhámos a par e passo a selecção pela mão dos jornalistas. Sabemos a que horas cada um faz a mija matinal, quantas vezes lava os dentes por dia, quais os boxers que vestiram de manhã, se foi os das rãzinhas ou os das vaquinhas, e até, se eles quiserem, deixam-nos falar para todo o mundo em horário nobre e usar todas as cinquenta palavras que constam dos seus vocabulários. Graças a Deus que andamos tão bem informados.
2. Selecção Nacional 2: O Quim está mal do pulso e o Cristiano Ronaldo continua em jogo. Não é que eu perceba muito do assunto mas cheira-me que isto, para os penalties, está mau.
3. Selecção Nacional 3: Porque é que lhe chamam selecção nacional se há pelo menos dois a falar brasileiro?
4. Selecção Nacional 4: O próximo jogo é com a república checa. É bom porque também dá para fazer piadas secas, com o banho checo e tal. Mas deixo já aqui um aviso: se a selecção chegar a jogar com Espanha, o primeiro que vier com bocas foleiras sobre a padeira de Aljubarrota como fez no euro 2004 um jornal que eu não digo qual foi porque não sou má-língua e porque não me lembro se foi o 24 Horas ou o Correio da Manhã, nunca mais lhe falo. Nem eu nem a patroa temos nada a ver com essa merda, já avisei que só meto espanhóis no forno em sentido figurado e é se forem simpáticos, e fico numa espécie de TPM de cada vez que algum triste se lembra de se vingar do seu complexo de inferioridade em relação à Espanha com uma porcaria dum jogo de futebol.
5. Selecção Nacional 5: Será que com o novo acordo ortográfico vamos passar a escrever seleção nacional?
6. Eleições nos States: A Madame Cinton já foi para o banco. Obama continua em exercícios de aquecimento. É sempre assim. Os candidatos democratas são super-giros, super à frente, super não sei o quê e no fim ganha o republicano que passou na discreta e que desta vez é aquele senhor com nome de sopa enlatada. Ainda se lembram dele? Ah pois é!
7. A General Motors vai ter que pagar 18 milhões de euros ao estado por ter empochado os apoios ao investimento e ter bazado antes do tempo. Acho muito bem, que é essa merda? Aqui, quem pode intrujar o estado português são os portugueses! E mesmo assim já nem chega para todos. Era só o que faltava!
8. Tenho que falar nisto porque parece que é importante, mas só por isso. O Porto está de castigo. Não sei o que fez nem se lhe puseram as orelhas de burro e o mandaram virar-se para a parede. Nem me interessa.

E pronto queridos clientes. Tenham uma boa semana, não se esqueçam que na terça é o Camões e fiquem com uma mega-beijoca da vossa

Rosarinho

PS: A da fotografia não sou eu.

6/07/2008

E SENDO ASSIM, BOM FIM-DE-SEMANA

Está tudo bem e na paz de Deus. Pelo menos a avaliar pelas primeiras páginas dos jornais, está tudo bem neste país e neste mundo. Se as principais preocupações são para que clube vai o Mourinho, se a selecção nacional está em condições de defrontar a Turquia, o Fêquêpê ter ido outra vez ao castigo e a mãe do Cristiano Ronaldo não querer que ele saia de Inglaterra... então podemos estar descansados.

6/04/2008

OS JOVENS E A POLÍTICA NO TEMPO EM QUE NÃO HAVIA TELEMÓVEIS NEM WII NEM BERSKA

Mal tinha acabado de fazer dezoito anos, já assentava praça como escrutinadora nas mesas de voto da minha freguesia. Muito compenetrada e muito convicta dos princípios do marxismo, mesmo sem os conhecer por aí além.
Quis o acaso que eu morasse precisamente na freguesia onde era maior a concentração de piedosas velhinhas por metro quadrado em todo o concelho. Assim, ainda nós não tínhamos acabado de pôr os papéis em ordem, ensonados e a suplicar um café, já apareciam à porta as primeiras beatas vestidas de preto, qual bando de corvos agoirentos, à espera que abríssemos para votar, saídas directamente da missa das sete na sé, mesmo ali ao lado. Com elas, vinham também os primeiros votos que eu sabia que não ia gostar de abrir no final do dia. Resmungava qualquer coisa entre dentes, sem ninguém se aperceber.

O tempo fez-me desacreditar dos ensinamentos do pai Marx. A mim e a muitos outros que naquela idade também quiseram mudar o mundo e agora são apontados a dedo pelos que já nasceram de fato vincado e risco ao lado. Também me fez perder a pachorra para estar todo o dia a dar baixa nos cadernos eleitorais e a contar votos, trabalho que naquele tempo não era recompensado. Não me fez perder a qualidade de ovelha ranhosa. Há coisas que não mudam.

6/03/2008

AS NÃO-NOTÍCIAS


Durão Barroso condenou o atentado no Paquistão.


Bono é contra a fome em África.


Isto não são notícias! Notícia notícia era "Durão Barroso aplaudiu atentado no Paquistão e gritou SÓ MAIS UM!", ou "Bono concorda que os africanos passem fome, especialmente crianças e doentes."


Isso é que era notícia. Assim, não sei porque é que se gasta papel com isto. Contra os atentados e a fome somos todos, ora...

6/02/2008

E QUANDO ELAS FOREM GRANDES NÃO LHES MOSTREM ISTO SENÃO AS PITAS MORREM DE VERGONHA

video

ASSIM, SÃO SÓ OS PAIS QUE SE ENFIAM NUM BURACO E NÃO APARECEM AMANHÃ NO EMPREGO.

Olá queridos clientes! Então, a semana foi boa? Espero que sim, porque vem lá outra igual, e só depois é que vem o dia do Camões e, quem sabe, umas tolerâncias de ponto para ver jogos da selecção. Se bem que isso costuma ser só para deputados… Mas vamos então ver o que aconteceu nesta semana:

1. E o PSD lá se desengomou a eleger novo líder, o que vistas bem as coisas, também não era difícil, era só saber fazer contas de somar e ver quem tinha mais. E quem teve mais foi a Drª Manuela que, na minha modesta opinião entrou logo bem. O discurso de vitória não chegou a durar cinco minutos. A conversa de merda foi a mesma de sempre e igual à dos outros todos, mas pelo menos foi curta. Três pontos para ela! O grande entertainer do costume, Santana Lopes, desta vez fez um número de malabarismo especial, prometendo que vai entrar num período de reflexão profunda. Talvez nesse processo consiga descobrir como é que vai fazer para voltar a aparecer, com uma lata que dava para montar dois ferros-velhos, a exibir o seu curriculum e a candidatar-se a qualquer coisa. Do Dr. Patinha tive um bocadinho de pena, mas não percebi como é que conseguiu ter menos votos do que teve de assinaturas de apoio para se candidatar. São coisas que ultrapassam uma rapariga simples como eu. O outro, já se sabe, é gajo que não se perde. Já fez saber que está disponível, que é como quem diz, que quer um tachito. Ainda vai muito a tempo de ter uma carreira fulgurante na intrujic… desculpem, na política, até porque isto não é como no futebol. Para o que faz, ainda é praticamente um puto.
2. E por falar em futebol, continua de vento em popa o grande circo da selecção. Pelo menos até ao primeiro balde de água fria, o pessoal anda todo com tudo aos saltos. Esta semana no jogo a feijões ganharam dois zero, mas parece que aquilo foi o mesmo que jogar com a equipa de casados da confraria da sardinha assada, pelo que a margem de dois promete grandes barracadas para o futuro. A ver vamos.
3. E por falar em sardinha assada, o pessoal das pescas entrou em greve e, se não há peixe, tem havido pelo menos peixeirada. É assim mesmo! O presidente Cavaco já veio pedir contenção e calma, mas já se sabe que isso é o que ele faz sempre. Se for assim na intimidade, já percebi aquele ar infeliz da D. Maria.

E pronto queridos clientes, por hoje é tudo. Aguentem-se bem até à próxima, daqui a uma semana, e fiquem com uma grande beijoca da vossa

Rosarinho