3/02/2006

3G


À vossa frente está uma senhora. Humilde. Difícil de descrever sem cair em clichés pedantes e politicamente incorrectos mas vamos tentar.
É daquelas senhoras que se senta com a malinha de mão pousada sobre os joelhos, de pose esmagada, nunca viu um anti-rugas ou um corte de cabelo num sítio decente e traz um lenço de mão tamanho xxl no bolso do casaco (pronto já lixei a descrição toda) e que nos pergunta amedrontada:
-Era pra saber sé aqui ca gente deita um pedido pra saber duma terra... é uma terrinha ca gente tem... queríamos partir pra dar aos filhos...

De repente começam a ouvir, em real sound e com q.b. de decibéis: - "A mi me gusta la gasolina, Dame mas gasolina".
A princípio não percebem bem o que se passa, se há alguma romaria ou um concerto ao vivo ali mesmo à porta. Mas logo, a humilde senhora deita a mão à carteira e saca do seu telemóvel topo de gama e atende, pondo fim ao mini-baile: - "Tô! Sim! Tô aqui a tratar do assunto da terra!... Sim! Mai logo! Adeus!"

2 comentários:

kuka disse...

Esta Didas é impagável.Lol!
Mas tens que te alimentar melhor,já há tanto tempo que a paella dura!

Menina_marota disse...

ahahahah... só tu, para me fazeres rir hoje... ;)
Adorei!

jinhos ;)