5/08/2006

A REVELAÇÃO


Pois é queridos, andava a pensar matricular-me no décimo ano para continuar os estudos e um dia destes aparecer aí armada em doutora (que isto agora com o acordo de Bolonha vai ser um fartar vilanagem), mas já desisti.
Ontem mesmo, naquele programa que dá de manhã aos domingos quando eu ainda estou a acordar e a perguntar "O que faço aqui?", vi uma estudante timorense em Coimbra que, em meia dúzia de palavras resumiu tudo e tirou-me a mim a pica toda. Qualquer coisa como isto:

"Eu sempre quis vir para Portugal porque o meu pai, quando eu era pequenina, contava-me sobre as coisas importantes que cá há: A Nossa Senhora de Fátima, o Cristo Rei e as universidades."

Assim, por esta ordem. Ora acontece que eu, a avaliar pela pinta de alarves que os putos por aí exibem, nos desfiles académicos, praxes e outras manifestações cultrais à altura deles, já desconfiava que as universidades não deviam ser grande coisa. Agora que sei que vêm abaixo da Nossa Senhora de Fátima e do Cristo Rei, pronto, tenho a certeza que só podem ser uma merda. Porque vejamos, o Cristo Rei ainda serve, vá lá, para fazer sombra, agora para a senhora de Fátima ainda não consegui descobrir nenhuma serventia por muitas voltas que dê ao miolo.

E também, a avaliar pelos cérebros que por aí se vê com canudos a arrotar postas de pescada, nos media, nas empresas, na administração pública e até no governo, antes quero ficar na minha e não ser confundida com essa gente.

Uma beijoca da vossa

Rosarinho

2 comentários:

Mestrinho disse...

Concordo contigo, até por que conheço muitos doutores que só se prezam pelo "Canudo". Ou seja, pensam que só ter o papelinho é um estatuto. Eu já presenciei, várias burrices de Doutores, que no fim de contas tb são burros que nem uma porta.
Vai-se lá entender esta sociedade, doentia.
Eu não tenho canudo, e consigo ser mais importante na empresa onde trabalho, não pelo estatuto, mas sim pela eficiência.
Um bjo e boa semana

Rosarinho, a menina do caixa disse...

Mestrinho, mas nem todos os doutores são burros! Olha por exemplo a sonsa da patroa tem canudo! Bom... mas essa é melhor nem falar.