7/09/2006

Olá queridos e queridas! Como toda a gente faz balanços do mundial, eu, que não percebo nadinha de futebol e precisamente por isso, acho que também tenho o direito de fazer o meu próprio balanço.

O PIOR DO MUNDIAL:
-As eternas cenas tristes dos recicladores de cerveja ingleses. P*ta que os p*riu que já ninguém aguenta! Ainda bem que nunca cá vieram à padaria!
-A gente não ter ganho aquilo, estávamos mesmo a precisar dum estimulozito.

AS MAIORES VERGONHAS DO MUNDIAL:
-Os palhaços que por artes e manhas mas sem qualquer mérito se conseguiram colar à selecção. Falo concretamente duma pindérica que desenha roupa de fazer inveja a qualquer loja de chinês e a um emigrante saloio que agora resolveu achincalhar-nos uma das poucas coisas que nos restavam: o hino nacional.
-A presença do PR no último jogo. Primeiro, quem pagou? Se fomos nós (no que me inclino fortemente a acreditar), o dever do gajo era ficar até ao fim e não sair de fininho uns minutos antes quando viu que o barco estava a meter água. Por essas e por outras é que nós aqui na padaria somos monárquicas. Estão a ver o D. Duarte a fazer essa triste figura? Não estão pois não? Nem nós.
-As fitas do Cristiano Ronaldo, que até eu que não pesco nada do jogo dou por elas.

OS MAIORES EQUÍVOCOS DO MUNDIAL:
-A presença da selecção portuguesa no mundial deu-nos notoriedade e pôs Portugal no mapa. Para começar, Portugal já estava no mapa e se Deus quiser só há-de desaparecer quando os pólos derreterem completamente devido ao buraco no ozono. Depois, é tão verdade que as pessoas tenham passado a saber onde fica o nosso país como nós sabemos apontar no mapa o Gana, o Togo ou Trinidad e Tobago? Vocês sabem?
-A selecção brasileira é imbatível. Pois, neste até eles acreditaram.

E FINALMENTE, O QUE SE DEVE GUARDAR PARA O FIM.O MELHOR DO MUNDIAL:
-Apesar de tudo, sempre se fez festa, não pode ser sempre fadinho.
-O aprimoramento da raça. Aqui há uns vinte anos, quem olhasse para a selecção nacional só via desgraças, aquilo parecia os estarolas. Agora, quem não perceber nada das regras daquilo como eu, que a única coisa que capto é que quando a bola entra na baliza atrás do Ricardo é mau sinal, sempre pode pelo menos encher o olho com as vistas. Aliás, estive hoje a olhar com atenção e posso afirmar que a nossa selecção tem melhores exemplares, a brincar, do que a francesa e a italiana (tradicionalmente fornecida de rapazinhos bem providos de carnes). Só ainda não os podemos pôr a falar muito, mas pronto, não se pode ter tudo não é?


E pronto, de futebol é o máximo que consigo dar.
Fiquem com uma beijoca da Rosarinho.

(Ah! E a Patroa manda dizer que, se alguém quiser falar com ela hoje, está aqui )

5 comentários:

alfinete de peito disse...

Bela análise Rosarinho!

Para quem não pesca nada da coisa, fazias melhor figura que muitos pseudo-comentadores desportivos que nos invadiram os ecrãs (e os ouvidos)ao longo desta competição!

Beijos dos Alfinetes!

José Alberto Mostardinha disse...

Olá Rosarinho:

A parte de que mais gostei foi a da beijoca final.

Um beijo para ti tb.

O Pilha Blogs disse...

Pois, tens toda a razão...
Só posso agora cantar esta cantiga...
"Ora mete, mete, mete a chouriça no molete...."

Rosarinho, a menina do caixa disse...

Obrigada Alfinete! Obrigada Alberto, eu mando sempre beijocas à fartazana para os clientes todos! Essa não percebi Pilha, o que é um molete?

Anónimo disse...

Very nice site! wellbutrin xr pinnacle sports supplements web Mr. chews asian pussy japanese shaved pussy