10/07/2009

SERVIÇO PÚBLICO FARINHA AMPARO





Quando era chavalita, costumava passar férias em Lagos com os meus pais. Mais tarde, já com os meus filhos, passei férias algumas vezes em Vilamoura. Este ano, decidimos fazer nova tentativa, felizmente apenas de dois dias no meio de muitos passados em Espanha e em Lisboa. Monte Gordo. Juro que nunca tinha estado num hotel tão mau em toda a minha vida. Chama-se Navegadores e é classificado, dizem eles, com três estrelas.
1. Exigiram o pagamento à entrada;
2. Não nos entregaram os comandos da televisão e do ar condicionado sem deixarmos uma caução de 10 euros;
3. Cobram 9 euros/hora pela internet e recusam-se a passar recibo;
4. Os móveis estão todos partidos e são rascas;
5. A televisão é minúscula e está junto ao tecto;
6. As alcatifas manchadas;
7. As mesas de bilhar, uma está avariada e a outra não tem as bolas todas. Mesmo assim cobram 6 euros/hora;
8. Uma das funcionárias da recepção é mal-educada e pouco inteligente. Quando entrega o BI de volta diz "pode guardar", dah! Nem em algumas repartições públicas;
9. Somos nós a pôr a mesa ao pequeno-almoço;
10. A casa de banho mete nojo. Tem as canalizações à mostra e montes de cabelos atrás do lavatório;
11. As camas são feitas como mostra a foto;
E mais coisas que nem me lembro agora.
Eu sei que o turismo no Algarve não é só feito disto. Mas é em grande parte feito disto. Depois espantam-se que o pessoal vá todo para Espanha.

6 comentários:

Funes, o memorioso disse...

De que se queixa?
Não foi a menina que votou e recomendou o voto em Sócrates?
Do que é que estava à espera?
A culpa é do Sócrates.

Didas disse...

Ah! Peço desculpa! Não sabia que o Sócrates era o dono do hotel! Muito menos sabia que se a tola da Azeda o Leite tivesse ganhado já tinha proibido estas coisas!

Larose disse...

dasssssssss
isso mais parece um quarto de pass


hein????????'' li bem o post acima????

Didas disse...

É pior... Digo eu que não frequento esses quartos.

VDinis disse...

Acho que me arrisco a dizer que entrei num hotel bem pior, este verão!!! Felizmente recusei-me a passar lá os poucos minutos que fossem!

Passo a explicar: segundo eles, era um apart-hotel, mas o quarto/sala/cozinha (e uma casa-de-banho) é aquilo a que nós conhecemos como uma garagem debaixo de uma casa.

Já para não falar da falta de luz, candeeiros partidos, varões com cortinados quase a cair, frigorifico cheio de gelo, etc.. E diziam eles que era de 3 estrelas.

Nunca tal tinha visto na minha vida!

Obviamente que reclamei e, nesse mesmo dia, procurei outro local para ficar. Aquele em que fiquei, também de 3 estrelas, punha o outro a um canto! Esse sim, tinha condições e era espectacular. No outro tive que pagar uma noite que não usufruí! Ah! E as fotos da Agência de Viagens não correspondiam à realidade (não por culta da Agência, mas do Hotel que manda as fotos que mais lhe agrada!).

E fiquei a pensar como era possível haver algo assim no nosso país. Parece que, infelizmente, não é o único.

O dito apart-hotel chama-se 'Hóteis Albufeira Jardim" e, como o nome indica, fica em Albufeira.

Didas disse...

O Algarve, ai, o Algarve!...