1/30/2011

Requiem pela esperança


Vivemos numa espécie de Nottingham dos tempos modernos, ainda que sem Robin Hood e embora haja almas crédulas que acreditam ser ele o Pedro Passos Coelho.
O xerife, esse, vai mudando. Num esquema diabólico de rotatividade entre dois clãs de malfeitores, com o requinte de malvadez de em toda esta história se fazer crer que é o povo que escolhe. O povo escolhe sim, mas tal como escolhe uma marca de champô ou de margarina depois de bombardeado com a respetiva campanha publicitária. Escolhe em manada.
Sinto quase um nó no estômago por dizer isto, mas não gosto deste país. É uma choldra podre e sem futuro. É pena. Porque é o meu.

11 comentários:

Saltapocinhas disse...

xiii, que isto hoje anda mau por aqui!

nos países "civilizados" também só há 2 partidos que se revezam e nem por isso são mal governados. No nosso caso é a (má) qualidade deles que nos arrelia.
temos de ter esperança que um dia tenhamos políticos de jeito a governar este país.

bagaco amarelo disse...

o mais irónico disto tudo é que quem vota nesses clãs de malfeitores, é quem depois mais se queixa.

Anónimo disse...

É o NOSSO PAÍS!
Revolta cada vez mais TUDO que nele se passa!
Não há VALORES, na realidade não há
VERGONHA!
Actuam como clãs de mafiosos!
Por relativa esperança que se queira ter, não vislumbro NADA de
bom para nós, os pequeninos!..
Vão chupar-nos até á medula!...

Zé de Aveiro

Larose disse...

eu acho que o ppl vota como se fosse em clube de futebol ...

Larose disse...

eu acho que o ppl vota como se fosse em clube de futebol ...

A.B. disse...

Didas, qualquer dia você está como eu. Não faça isso!

Didas disse...

Vamos combinar uma coisa? Vamos deixar todos dessa comiseração pelo povo que é vítima dos politicos. Cada povo tem os políticos que merece!

A.B. disse...

Não e não! Não me meta nesse rol! Eu não mereço isto! Não votei neles, não os quero lá, não gosto deles. Que culpa tenho eu de pertencer a um povo que não sabe votar, ler, escrever, ou pensar? Vou pedir asilo político ao Canadá ou à Nova Zelândia não tarda muito. A alternativa é tirar um curso de sniper por correspondência e começar eu mesmo a fazer remodelações governamentais...

euexisto disse...

bom post.

Didas disse...

A.B., penso que isso não resulta. A menos que tenha bons amigos, irá parar à cadeia. É melhor pensar noutra coisa.

Obrigada euexisto. É deprimente, mas obrigada na mesma...

A.B. disse...

Didas, você vai presa se matar um anónimo. Se matar um político, a oposição defende-a...