5/19/2011

Yes we Kahn!


Strauss Kahn demitiu-se. É o desfecho normal e esperado. Se acredito que ele tentou mesmo violar uma empregada de hotel assim do nada? Até acredito! Não me parece descabido que um tipo desses tenha a convicção de que uma gaja do bronx não é ninguém mesmo nem há consequências possíveis do acto de lhe querer saltar para a espinha à força, embora seja de considerar a ingenuidade que representa ele saber que estava no país de todos os fundamentalismos incluindo o racial e o medo do sexo, e tê-lo feito ainda assim. O país onde um gajo preto que matou a mulher branca foi absolvido mesmo havendo mais provas disso do que de amanhã ser sexta-feira dia 20. O país que andou meses à volta duma nódoa num vestido azul como se isso fosse um importante assunto de estado. Um país de mentes tão tenebrosas como aqueles outros que invade e combate. Acho estranho, pronto, mas dou o benefício da dúvida.
Admito isso como admito o oposto: Que a gaja tenha sido paga por alguém para o provocar e depois fugir aos gritos de violação. Estamos a falar do mundo da alta finança. Um mundo tão infestado de tubarões que qualquer um de nós, tristes que vão para o trabalhito de manhã e regressam à tarde, nem consegue imaginar o quanto. Srauss Kahn enfrenta uma pena de prisão de 70 anos. Durante a vida e para chegar onde chegou, já terá certamente espetado as mandíbulas em muitos dos seus pares. Desta vez, foi ele o comido.

5 comentários:

Constantino, Guardador de Vacas disse...

Fala-se que o próximo diretor geral do FMI vai ser Durão Barroso. No caso de ele vir a ser papado como foi o Khan, alguém vai comer cherne por tubarão.

Didas disse...

Lol! Boa!

mfc disse...

Ele é expert do FMI nino...

joao madail veiga disse...

Eu cá por mim boto no tipo, Strauss Kahn foreber...

Anónimo disse...

Quem deve estar aliviado é Sarkozy, já perdeu um rival para o Eliseu.E este prometia.
E ainda por cima também gosta de garotas.