7/12/2012

Devo ser eu que estou doida...

Ando com um problema de ilusão de óptica. Só pode ser. Porque na minha óptica eu sou funcionária do estado há 30 anos mais coisa menos coisa e portanto adquiri o direito ao subsídio de férias deste ano em 2011 tal como os funcionários que entraram para o apoio ao executivo no ano passado. Na óptica do governo eu só devo ter começado a trabalhar este ano e por isso sacaram-me o dito subsídio.
Mal "acomparado", sinto que estou assim a viver um episódio da 48.º temporada do Fringe.

7 comentários:

Pec disse...

Eu acho que se ainda não estamos todos doidos, para lá caminhamos.

pé-de-cereja disse...

Nada disto é para ser lógico.
Ou pelo menos na nossa lógica, os que não falam economicês.
Li agora uma criatura qualquer, importante, dizer arrogantemente que tanto faz pagarem ou não subsídios o que importa é o valor anual que vão gastar - tanto faz pagar 1.000 euros 12 vezes, ou 850 euros 14 vezes...
Com modos de pensar destes, de tipos que recebem para dar estas opiniões, só se pode sentir raiva!

mfc disse...

O Povo esteve doido foi quando os escolheu.
Mas daqui a 3 anos "tudo" vai mudar... para o mesmo!

Anónimo disse...

Pelo andar da carruagem e pelo que se comenta, vamos esperar que o Caçola Relvas caia para cair o primeiro também!
Vamos também aguardar que o Povo tenha acordado!
Em Espanha o Povo nunca adormeceu!
E VIVA ESPANHA!....

Zé de Aveiro

Didas disse...

Pec, alucinados então?

cereja, calma! Guarda essa raiva toda para quando os tiveres à frente!

mfc, certinho!

Zé de Aveiro, errado. Os espanhóis votaram em Rajoy.

Anónimo disse...

Tem razão DIDAS!
Escapou-me esse pormenor, mas queria referir-me mais ao facto de sairem todos para a rua aos milhares em solidariedade, é espantoso!

Zé de Aveiro

Anónimo disse...

Pormenor muito importante, digo!

Zé de Aveiro