3/23/2007

MAIS UMA À TRAVE


Dei boleia a uma colega.
Pouco depois de termos arrancado, um condutor à nossa frente arrastava-se a uns 20/30 km/hora e ia abrandando até se imobilizar por completo, sem motivo aparente.
Eu, que gosto de conduzir ligeirinha e já estava a ficar enervada, desabafei:
-Tu já me viste este panasca? Porra! Se for a *#*.&* como é a conduzir, aquilo nem “coiso” nem sai de cima!
E ela:

- É o meu marido. Já me deve ter visto.

9 comentários:

Anónimo disse...

Na mouche!
Também não entendo porque *#*.&* e conduzir hão-de ter alguma relação...
Para quem não entende que os homens dêm tanta importancia às jantes e aos air bags... entende porque os homens apreciam a silhueta ou as pernas de uma garota?
corto maltese

Anónimo disse...

Na mouche!
Também não entendo porque *#*.&* e conduzir hão-de ter alguma relação...
Para quem não entende que os homens dêm tanta importancia às jantes e aos air bags... entende porque os homens apreciam a silhueta ou as pernas de uma garota?
corto maltese

Didas disse...

Corto Maltese, devo estar a ficar loira, mas não captei muito bem a essência do comentário.
PS: Não tem uma mulher loira pois não? É que eu ando em fase má de bocas ao lado.

Anónimo disse...

Calculei que não. É necessário over-drive.
Não tenho uma mulher loira.
cm

António Tavares disse...

Aqui está mais uma clara demonstração de como nunca a Sra poderia fazer parte de um partido democrático como o CDS-PP. Um membro deste partido dificilmente passa por estas agruras porque uma pessoa que se afirma de direita conservadora, é por natureza educada.

Didas disse...

Claro que sim, claro que sim. Nem dá encontrões às colegas pelas costas nem faz peixeiradas nas reuniões nem nada disso. Claro.

Fico contente por continuar fiel leitor do farinha... senhor de direita conservadora. Volte sempre.

calózita disse...

ai didinhas, didinhas!!!!
só tu mesmo, melhere!!!!!!

loooooool

Cati disse...

LOL

Eu teria tido a mesma reacção! Há com cada mestrunço ao volante... credo!

Além disso, estou solidária... meter a pata na poça é um momento... difícil de esquecer!

Estou contigo!

SaltaPocinhas disse...

Ops!!
Grande argolada!!