4/03/2007

MAIS UM MISTÉRIO


Há, entre as muitas bizarrias que podemos encontrar no universo virtual, uma que me intriga particularmente: Os sites porno com videos "caseiros". Atenção, não se trata de pornografia profissional com criaturas irreais como a Lolo Ferrari e demais pessoal do clube, mas sim gente normal. Claro que nem sempre é possível reconhecer as personagens porque os mais sensatos de entre a cambada ocultam a identidade. Mesmo assim eu é que não me metia nisso, até pesadelos ia ter a pensar que me podiam conhecer pelas cortinas ou pelo padrão do edredon. Credo! E até porque, como passatempo, prefiro jogar solitário ou estrelar ovos.

Não vou pôr aqui link para nenhum desses sites, primeiro porque corto tudo rentinho em como qualquer dos meus clientes conhece um ou outro, depois porque isto ainda vai sendo uma casa séria. (Ok, pronto, mesmo com a empregada que temos...)

Mas se tivermos em conta que é habitual ver, nos videos disponíveis, gente perfeitamente reconhecível e tão vulgar como a senhora das fotocópias, o carteiro lá da rua ou a funcionária das finanças, é uma coisa que me dá mesmo a volta à cabeça. A sério.

- Eles não têm família?

- Não têm filhos?

- Não têm um emprego?

- Não lhes faz confusão saber que qualquer pessoa pode encontrar aquilo e dizer "Olha querido, os nossos vizinhos de cima"?

- Que podem estar a atender uma pessoa no emprego e ouvir "Parece-me que vi a senhora ontem a enfiar um telemóvel no rabo"?

- Será que fazem cópias e oferecem à família e aos amigos no Natal?

4 comentários:

calózita disse...

«- Que podem estar a atender uma pessoa no emprego e ouvir "Parece-me que vi a senhora ontem a enfiar um telemóvel no rabo"?»

uahuahuahuahuahuahuahuahauahauaha
já não me ria assim há que tempos! até chorei de rir!
só mesmo tuuuuuuuuuuuuuuuuuuuu!

(vou fazer um link directo para este post lá no pimpampum!)

Didas disse...

Oh Calózita... era só um exemplo! Lol!

SaltaPocinhas disse...

eu quero o link!!

Didas disse...

Sua maldosaaaa!!! :))))