11/03/2009

COMUNICAÇÃO AO PAÍS


É com orgulho que comunico aos interessados e aos que se estão completamente a cagar para isso que o meu carrinho novo fez este fim-de-semana quatro meses e continua sem nenhuma esmurradela, sem chicletes colados do lado de fora da porta, sem pilhas de jornais de distribuição grátis no banco de trás, sem cagadelas de gaivota, sem riscos naquelas rodas metálicas que vêm no meio dos pneus e sem avarias.
As únicas coisas que lhe aconteceram até hoje, todas de somenos importância, foram o comando da chave deixar de funcionar (mas já está arranjado), eu insistir em arrancar com o travão de mão engatado e ter deixado entornar o molho duma tarte de frutas no estofo do banco do pendura, situação que limpei logo de seguida e não se nota quase nada.
Sou ou não sou boa?

9 comentários:

cexy disse...

Ena pá. parabéns
*clap clap clap*

:D

Emiele disse...

Liiiiinda!
Eu já há uns 10 anos que o meu novo deixou de o ser, mas não sei como era na primeira semana (às vezes no 1º dia!)ficava com alguma mazela. Era galo! Depois comecei a achar que tinha de ser, uma espécie de rito de início de actividade!!!

Didas disse...

Obrigada Cexy! Grande incentivo para o futuro!

Oh Emiele e eu não sei como isso é? Mas eu desta vez estou-me a esforçar bastante!

AB disse...

Quatro meses sem uma cagadela de pássaro? São logo lavadinhas ou já não pássaros em Aveiro?
Parabéns, mas não se gabe muito que dizem que dá azar. Amanhã está cheio de cagadelas, riscos na pintura, panfletos do Professor Karamba, e uma chiclete no puxador da porta. E, vá lá, já que estive a ver o trailer do 2012, um meteorito em cima.

mfc disse...

Hummmm... não há gaivotas em Aveiro?!
Num cardito!!!!

Carteiro disse...

Ok, Ok, porem falta um dado importante, quantos kilometros é que ele marca? hehehhhee

Didas disse...

AB, é assim: Não tenho estacionado debaixo das árvores onde estacionava antes. Nem debaixo de postes de electricidade, que são as cagadeiras das gaivotas.

mfc, há. Mas têm-me respeitinho desde que eu comprei o bolinhas!

Carteiro, tem quase 800! Quase 800!

R. disse...

Então evite estacionar ali na Francisco Vale Guimarães (encravada entre a Castro Matoso e a Loureiro) ao lado da Opel Kadett branca. Valeu-me uns quantos prémios (ler: mossas) da minha lata.

R.

Didas disse...

Não costumo ir para aí. Felizmente! Meu rico carrinho!