11/26/2009

Porque é que às vezes ando tão farta disto que nem sei


Adoro! Adoro aqueles artigos de opinião que se escrevem em jornalecos e revistas de grandes tiragem e que depois a gente recebe por mail, enviados por um consciencioso que se acha melhor que os outros. Todos nós temos amigos, colegas ou conhecidos destes, uns cromos com grandes princípios éticos que defendem mas desconhecem. Na versão mais baixa da gama, estamos perante o pateta que diz que "é amigo do seu amigo". Mas voltemos ao assunto. Falo daqueles textos inflamados em que um fabricante de opinião se mostra espantadíssimo com a passividade do povo português perante a grande corrupção, que continua a dormir e a acordar como se nada fosse enquanto o Face Oculta ou o caso BPN se vão dissipando em nada. O povo português, na verdade, é o Armando Vara, o Godinho, O Oliveira Costa e o Penedos. O discurso contra a corrupção não é de reprovação, é de inveja. Portugal é um imenso antro de corruptos, desde o modesto beija-mão para arranjar o emprego de contínuo no estado, passando pela velhinha que tenta furar a fila nos correios até ao grande desfalque de milhões. A única diferença é quantitativa, não qualitativa. É corrupto a grande nível quem pode, não é quem não pode. Os honestos, aqueles que nem em segunda fila estacionam para ir ao café, sentem-se perfeitos anormais todos os dias das suas vidas.
E mesmo o opinador que escreve os artigos contra a passividade perante a corrupção falou com um amigo que tem outro amigo que é primo do director do jornal onde publica. Ou não teria chegado lá.

12 comentários:

jg disse...

Cê é fogo, gentxe!!!

Didas disse...

Sou não, cara!

APC disse...

subscrevo por inteiro o teu texto, Rosarinho.

Didas disse...

Fico feliz por isso mas... Rosarinho???

Fernando Antolin disse...

as velhinhas das filas dos correios são as piores !!

Didas disse...

São um verdadeiro complot para destruir a humanidade!

Luís Filipe Maia disse...

tal e qual cara gaja didas, é mesmo assim

Luís Filipe Maia disse...

E eu acrescento ainda que a comunicação social, que paga as fugas de informação, duvido que o faça por amor à verdade, mas apenas para aumentar as tiragens e ganhar dinheiro.

Outras vezes cala-se ao sabor dos seus interesses comerciais, como foi o caso do Ricardo Costa da Sic, ter dito em directo na televisão, quando foi o caso BPN, que já toda a gente sabia o que lá se passava, na altura perguntei-me se já toda a gente sabia, porque é que ele enquanto jornalista não avançou com a noticia ?

Didas disse...

Nem mais meu caro gajo Luís :)

Saltapocinhas disse...

sou uma perfeita anormal,irra! :(

Didas disse...

É cumámim.

Larose disse...

...é por estas e por outras que resolvi desintoxicar os meus ouvidos e olhos das notícias ....desde as eleições que ainda não vi um noticiário!

eu tentoooooooooooooo ...e vou conseguindo ...só não sei até quando!