6/17/2010

E mais um episódio da saga: Porque é que os portugueses se queixam dos políticos se são assim?


Chegámos cedo e ainda havia muitos lugares. Então aqui a totó disse: - "Não, estamos a usar muito espaço e é suposto estacionarem aqui três. Vamos chegar mais para a ponta". E chegámos. Então o burgesso que veio a seguir pensou: - "Olha aqui um lugarzinho tão espaçoso para o meu carrinho, que ainda por cima tem uma cor tão bonita e assim nem se estraga porque ninguém lhe bate a abrir as portas!".
E claro que a essa hora já não havia tantos lugares assim, mas isto é como tudo, quem chega primeiro serve-se e alambuza-se do que houver.

15 comentários:

Luís Maia disse...

Quando num parque público com espaço marcado no chão existam carros a ocupar 2 ou 3 lugares, poderá chamar-se a polícia ?

há multas previstas para isto ?

Luís Maia disse...

digo isto que portuga não vai lá com retórica

ele é dar-lhe nos cornos quando abusa

Didas disse...

É capaz. Mas aqui em Aveiro não há polícia.

estrela do ar disse...

Pois, é indecente! Inventem formação - paga - em civismo que senão nunca lá vamos...

HG disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
HG disse...

Tento não exagerar, como no caso em apreço, mas também tenho essa preocupação das batidas com a abertura das portas e evito estacionar em lugares "apertados"...Ora bolas, abrir as portas à bruta sem ver o carro ao lado também é falta de civismo! :P

jg disse...

Em Aveiro não há Polícia, o tanas!!
Então quem é aquela tropa fandanga que anda fardada a pasar multas por dá cá aquela palha e que até costuma esconder-se para não ser topada?!

Para fiscalizar (coisa que não rende como autuar os descuidados) é que não há polícias. Nem em Aveiro nem em lado nenhum.

Imodium-TV disse...

O Manel Cruz nem sabe que tem o pópó na net :)

Tadito...

jabai disse...

gostei do detalhe de esborratares a tua matrícula mas deixares a do outro bem à vista...

Helena Teixeira disse...

Bom, eu costumo preferir estacionar nem que seja a léguas porque geralmente calha-me é 1 esperto a querer caber onde já não há espaço. Isto porque os lugares são de 3 e não 4. Daí,para não ter riscos na porta, vou para longe ou estaciono em lugares em linha.Pior do que ocuparem dois lugares,é quando estacionam em cima de passadeiras,de passeio e dão cabo do passeio...enfim..à moda portuguesa.

Eis um convite mais giro e com espaço:
Já conhece as 12 Aldeias Históricas de Portugal? Não perca tempo, venha descobri-las orientado pelo livro “Aldeias Históricas de Portugal – Guia Turístico”. Veja um excerto da obra em www.olhodeturista.pt ou adquire-a já na loja virtual. Mais informação, contacte-nos para aminhaldeia@sapo.pt

Jocas gordas
Lena

Didas disse...

estrela, com formação acho que também não dá. Aliás, a formação foi a aposta mais falhada deste país nos últimos anos.

HG, mas uma coisa é uma coisa e outra é outra. Ou não?

jg, fiscalizar, neste caso, não seria pregar-lhe uma boa multa?

Imodium, o carro é do Tó Silva!

Jabai, a diferença é esta: Eu estava a a fazer bem, ele estava a fazer mal.

Helena, ocupar 2 lugares é mau quando há falta de estacionamento. É o que se chama o estacionamento de merda!

Saltapocinhas disse...

eu, se tivesse um carro assim azulinho também o estacionava onde desse nas vistas!

Didas disse...

Eu era no meio da rua!

Olá Amor disse...

Acontece-me isto várias vezes. Mas a que eu gosto mais de ver, é quando há um engraçado que estaciona na estrada mesmo ao lado do lugar vazio que fica do lado de fora. Só assim naquela de dá muito trabalho meter o carro dois metros pró lado e deixar o caminho desobstruído! Ai não que eu sou muito importante e vou só ali ao café e já venho! Ridiculo!

Didas disse...

Hi! Essa é de dar vontade de partir os gajos todos! Fogo!