9/08/2010

Iniciados


Hoje numa loja de lingerie no centro comercial entrou um casalinho tenrito. Ela à frente, decidida, e ele atrás a segui-la. Pararam no expositor de cuecas em padrão tigre com fitas de seda nos lados para atar, a um metro de onde eu estava, e ela pegou numas. Exibiu-as no ar. "São estas!" - disse, com ar satisfeito. E ele, entusiasmadíssimo: - "Compra! Compra!". "Deixa ver" - disse ela enquanto examinava a etiqueta - "Seis euros e noventa???!!! Não dou seis euros e noventa por umas cuecas!!!". Ele, visivelmente decepcionado, ainda implorou, - "Vá lá! Compra!". Ela hesitou, revelando alguma surpresa e, cinco segundos depois, já furiosa como ficam as mulheres quando não querem que ninguém saiba que estão furiosas, arrumou a questão. "Esquece! Vamos embora!"
Aquele rapazito ainda tem muito, mas mesmo muito a aprender na vida!

8 comentários:

Alírio Camposana disse...

Não há dúvida que sim! O rapaz estava era "teso"!

As lojas são locais muito engraçados para se compreender o comportamento dos consumidores.
Por exemplo, a grande maioria dos consumidores roda pela direita quando entra numa loja. E depois há técnicas sofisticadas para se estudar esses comportamentos que depois originam formas de mostrar os produtos. Há um autor muito bom que é o Paco Underhill: http://www.pacounderhill.com/

Bjs.

Didas disse...

Aqui o objecto de estudo é mais o comportamento dos homens com as mulheres e vice-versa. Mas esse Paco também me pareceu gajo interessante. Noutra perspectiva.

jg disse...

Bailhamedeus, Didas. Fitinhas para atar?!
Para desatar, caneco!!!

Didas disse...

Óisso

O Pilha Blogs disse...

se calhar eram iguais às da mulher do castelo branco....!

Didas disse...

credo!

Imperator disse...

o gajo é, mas é parvo e muito burro!

claro que ela não ia dar o dinheiro pelo raio de um pedaço de pano que mal lhe deve tapar... alguma coisa

o gajo devia ter percebido que o que ela queria era que ele abrisse a carteira...


gajo burro

Didas disse...

É o que eu digo!