1/31/2012

Mas atenção que não é tudo mau! Estavam todos muito bem vestidos e alinhadinhos!

A cerimónia de abertura do novo ano judicial só me suscita um comentário. "Deus nos livre de um dia precisarmos de contar com a justiça portuguesa para qualquer coisa importante na nossa vida, pois estaremos bem f*d*d*s!"

7 comentários:

Imperator disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Imperator disse...

eu conto com a Justiça, agora com a atitude e as ideias de alguns que por lá andam, isso já é outro assunto...

Fermelanidades Coelho de Matos disse...

O outro que roubou o shampoo e o polvo lá teve que pagar 250 euros de coima. O larápio é sem abrigo e o tribunal mandou-lhe a conta para... casa! Viva a justiça.

Imperator disse...

não é uma coima! é uma multa coisa muito diferentes.

a coima, é matéria contra ordenacional, por não pagar uma coima ninguém vai preso.

multa é matéria penal, e por esta pode-se ir preso.

http://www.abola.pt/mundos/ver.aspx?id=313299

a pena de multa é aplicada em dias/valor que podem ir de 5 a 500 euros e se não estou em erro até 365 dias.

o arguido foi condenado em 50 dias de multa, que pode: (a) pagar de uma só vez; (b) pagar a prestações; (c) converter em trabalho a favor da comunidade, se não fizer nenhuma delas, vai passar se não estou em erro 33 dias de cadeia pela conversão da pena de multa em pena de prisão.

o custo? o custo é nosso sempre nosso, esquecendo os 250 € da pena de multa ficam as custas do processo que facilmente vão aos 500 €, provavelmente, e bem, requereu apoio judiciário, e provavelmente, foi-lhe concedido (a nossa lei do AJ praticamente só os indigentes é que têm direito a ela) assim vai-nos sair do nosso bolso as despesas de um simples furto. Mais se ele nem o AJ pedir e como não tem como pagar, vai correr um processo de execução contra ele logo mais despesas a sair do nosso bolso... é uma alegria.

nota-se que a comunicação social anda esfomeada e sem assunto, à anos que a Lidl faz e mantém as queixas contra quem furta na loja, coisas iguais a esta que agora aparece...

Didas disse...

E eis que esta conversa me deu outra ideia! Obrigada!

mfc disse...

E só descobriste isso agora?!
Andas muito distraída!!

pé-de-cereja disse...

A conversa ficou mais séria, sim.
A propósito da severidade do LIDL, também foi notícia terem feito queixa e ido a tribunal contra alguém que roubou uma embalagem de feijão verde de 70 cêntimos que foi logo recuperada. A juíza não aceitou a queixa dizendo que era um «furto formigueiro» (acho que era esse nome, achei engraçado)mas eles insistiram e repetiram a queixa.
Não me admira que o Lidl que é alemão, os nossos polícias.