11/10/2006

A PADARIA FAZ TRÊS ANOS

E os clientes fazem a festa.

Oferta de Luz, que agradecemos do coração.

Três anos não é nada má idade para um estabelecimento deste género. Requer muita persistência nos dias em que não há pachorra, em que não há disposição, ou simplesmente tem que se ajavardar qualquer coisa para manter a baiuca aberta por absoluta falta de inspiração. Vocês sabem. “Mal acomparado”, eu diria que este blog está da idade da dona.
Por isso, não há dúvida que o que mantém esta padaria aberta são os clientes que vão tendo paciência para cá vir. Falar para o boneco é sempre chato. Obrigada a todos, mesmo a sério.
E agora que já despachei o discurso do gajo que faz anos e não quer pagar a conta, vamos às participações da minha querida clientela:

O RPS abriu logo a engraxar a parva da empregada e não meu caro, não era preciso a confissão, já tínhamos “mordido” quem era o anónimo. Diz ele que
“A primeira vez que entrei aqui, li um post da empregada. Senti logo um frémito. Confesso: deu-se-me logo um calor na virilha.
A patroa tem graça, mas a Rosarinho é "aquela coisa"... Há coisas que não escolhemos...”

Ficamos assim. Como é dia de festa, eu não fico chateada nem ciumenta, agora o meu amigo aguente-se porque ela, a tal, ficou de tal maneira que até se foi lavar por baixo. Nunca mais o larga!

A nossa antiga cliente (pré-blog-próprio), Inha, quer
“Bolinho! Bolinho! Bolinho!”
Pronto Inha, calma lá, aqui está ele. É uma receita criada especialmente pela Rosarinho e chama-se Bolo Padaria. Espero que gostes!

A Maria entrou por aqui dentro desorientada com umas experiências que anda a fazer a nível de software. De tal maneira que nem café tomou, nem uma natinha, nem uma torrada, nada. Esta rapariga vai longe!

A São diz que
“O Farinha Amparo é para mim como um coiso que se me dá e que me apanha esta zona toda, não sei se estás a ver...”
Olha São, cá para mim isso é o princípio do reumático. E já ouvi dizer que o que é bom para isso são uns cacetes, regularmente. Beijinho!

O nosso conterrâneo AVC foi o único a escolher o tema do hospício:
“Os hospícios e psiquiatrias são, em geral, lugares interessantes. Capturam-se vislumbres de outras realidades. Os loucos são pessoas que têm acesso a "comprimentos de onda" vedados aos "normais". Uma espécie de enfermaria do Miguel Bombarda, é a única imagem que que vem à cabeça em relação à Internet em geral.Esquizofrénicos, maníaco-depressivos, paranóicos, bi-polares, pertubações delirantes, ele há de tudo.E isso é muito bom, tenho dito.”
Ok AVC… isso será efeito do… ambiente? É que se for fico preocupada...
Um Abraço!

O Mfc acha que
Três anos?! Tou feito uma carcassa!!
Parabéns Didas... um beijinho grande!

Para ti também Manel, e obrigada!

E pronto. Posto isto, bora todos para a festa. Mas não liguem. Este foi o momento em que entraram os convidados da empregada!

6 comentários:

joaninha disse...

Aproveito que é hoje o dia: PARABÉNS!!! Gosto de vir cá todos os dias para "comer um pãozinho". :)

São Rosas disse...

Cacete?! Fui enganada estes anos todos! O desgraçado do doutor Patrício disse-me sempre que o melhor era levar na regueifa!...

Didas disse...

Lá está! Esse exagero é que te apanha essa zona toda! Tens que variar entre regueifa e cacete! Oh mulher! :)))


Obrigadas Joaninha!!!!

SaltaPocinhas disse...

P
A
R
A
B
É
N
S!!!!!

Mas também quero bolinho e não quero o bolinho padaria, blhaaac!!

Didas disse...

'brigadas Saltapocinhas!
A parva da empregada diz que ficou ofendida com o insulto ao bolo...

calózita disse...

ENA!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
pagabéns!

bejufas