1/03/2007

A propósito das cenas de adultério constantes da próxima novela, série ou lá o que é, “Paixões Proibidas”, uma das actrizes que não faço a mínima quem seja ou que nome tenha, lança candidamente esta pérola:
-Claro que para os homens é muito mais difícil, por motivos óbvios (referindo-se ao momento em que se apanha em flagrante o/a cônjuge em adultério).
Claro que a mocinha falou assim porque é modernaça, urbana, com menos de 150 anos de idade e deve ter feito, pelo menos o 9.º ano de escolaridade. Porque se ela fosse analfabeta, a viver numa aldeia no meio das berjenjas e a ter que dar o coirão todos os dias a tirar batatas e a mugir as vacas… ou se fosse, sei lá, um camionista bronco com barriga de cerveja e farta bigodaça, teria dito:

-Mulher e carro num se impresta a ninguéim!
ou
-Eles são assim, já se sabe, têm as suas nescessidádezes…
ou
-Um home farta-se de sardinha todos os dias, tem quir ós bifes!
ou
-Já se sabe que há coijas cus homes têm que procurar fora de caja!
ou
-Cum home faça coijas déssazes, já é mau, agora uma mulher!... (E aqui benzia-se)
ou
-Mulher minha fica im casa! Uga! Uga!
ou
-Ir às putas???!!! Isso num tem mal! Desde que num se falte cum nada im casa à mulher e ós filhos!...

Mas felizmente, a urbanidade e a educação tornam as pessoas muito diferentes, ufff! E esta nova geração é muito à frente.

2 comentários:

helder vic disse...

...é feminista a magana, inda há mulheres que cumpriendem los machos... aaaaamen

Didas disse...

Já me chamaram coisas piores mesmo assim...