5/31/2011

E educaçãozinha, não há?




Quando eu era miúda e atravessava, contra as advertências dos adultos, o parque da macaca para ir e vir do ciclo, andava lá um senhor com um boné da Câmara que (e muito bem) nos dava cabo do canastro se nos apanhava a mexer numa pétala que fosse ou a atirar um papel para o chão. Esse senhor já há muito se reformou, com certeza. Mas ninguém ocupou o lugar dele. Pelo menos ninguém que imponha respeito. Ninguém que os putos reconheçam como "o guarda do parque", aquele que mete tanto medo como o papão ou o monstro debaixo da cama. E é pena. Claro que hoje em dia, se "o guarda do parque" desse umas valentes lambadas a estes putos que fotografámos há dias a destruir impunemente a zona de bambus com a mesma descontracção com que eu tomo um chazinho de manhã, teria sérios problemas com os respectivos papás que, das duas uma: Ou o atacavam à naifada se fossem... adeptos dos Gipsy Kings... ou o punham em tribunal por insulto aos rebentos se tivessem dê-érres atrás dos nomes.
Resta-nos a esperança de que a tendência demonstrada nos últimos dias para pôr em preventiva os meninos que são apanhados a fazer m*rda não se limite a uma moda e seja para se manter. Porque caso contrário um dia vamos arrepender-nos. Muito.

9 comentários:

Constantino, Guardador de Vacas disse...

Quem te põe em preventiva é o Marinho Pinto se lê o que acabaste de escrever.

Pagamico disse...

Comentário tipo conversa da treta.
A Didas (como era seu dever) chamou a atenção dos prevaricadores? não!
então f***se.
A Didas diz, e tu ao meu cara de car**. o que fazias?
E eu, nada.
E a Didas, então fo***se.
Cumprimentos do velho.

Anónimo disse...

Onde está o amigo Adriano - guarda do parque,de outrora.
Onde estiver, deve estar muito triste, ao ver o estado caótico do seu parque que tanto zelou.
Mas com esta selvajaria dos meninos intocaveis e seus papas, que os temem, não há nada que resista, nem com umas estaladas bem dadas.

Anónimo disse...

Concordo em absoluto com o anónimo
das 11.54.
A época foi de ouro em educação, respeito e outros valores!
O Senhor Adriano foi realmente
um profissional exemplar, como outros da mesma geração, o jardim e o parque foram as zonas nobres da cidade, hoje ao abandono, e deixam muita SAUDADE!...

Zé de Aveiro

Anónimo disse...

O comentário das 11.54 é uma boa análise do que se passa de verdade, para minha tristeza e do nosso ADRIANO.

Anónimo disse...

Além dos VANDALOS que destroiem tudo por onde passam, também temos de referir que cada árvore que caia, devido ao mau tempo ou pela idade no parque ou no jardim de Aveiro, já nada se planta, assim fica.
Tudo ao abandono.
Já é dificel arranjar uma sombra

Didas disse...

Constantino, ele não vem a esta padaria. E se viesse saberia que eu era fã dele até há uns dias.

Pagamico, alguma me diz que é melhor a gente não se meter com este tipo de malta. Algo me diz.

Anónimo das 11:54. o Sr Adriano deve estar parvo de todo. De todo!

Zé de Aveiro, até me custa concordar, mas é um bocado verdade.

Anónimos do fim, parece-me que há planos para reabilitar aquilo. Parece-me. Vamos ver.

R. disse...

Não percebo. Olhando para as fotos parece que estão a organizar algum tipo de actividade para um jardim de infância, lá com aqueles cartões e bonecos coloridos do costume. Até aqui, nada de mal...

R.

Didas disse...

Pois. Mas não estavam. O cenário estava lá de uma actividade que já tinha acabado.