5/31/2005

AS MELHORES POSIÇÕES DO KAMASUTRA

O Bagaço Amarelo fez o favor de me passar esta correntezinha e palavra de honra, eu só lhe estou a responder porque a minha empregada Rosarinho tem muita consideração por ele. Porque pela trabalheira que me deu, francamente, mais valia ter ido a Fátima a pé.


Tamaño total de los archivos de música en mi ordenador?
El tamaño no importa hombre!

Último disco que me compré:
Pink Floyd, The Wall, em 1977. Depois passei a gastar dinheiro em coisas mais úteis como casas, carros e melões.


Canción que estoy escuchando ahora:
As que escuto durante todo o dia aqui: O Fadinho da Severa intercalado com A Canção do Bandido.

5 canciones que escucho un montón o que tienen algun significado para mí:
Esta porque já me deu muitos desgostos e algumas pequenas alegrias. Este ano foi uma desgraça.
Esta porque a minha mãe me adormecia a cantar isto quando eu era pequenina e eu até me lembro. Ainda sei a letra!
Esta porque a associo sempre a uma pessoa de quem gosto muito e que por acaso vive comigo.
Esta porque foi o primeiro disco que eu fui comprar sozinha, toda orgulhosa, com 12 anos.
Esta, porque sim.


Y como no quiero ser menos que mi predecesor, aquí lanzo el testigo a otros 5 bloggers:
Ao Japinho porque ele disse que não queria e eu fiquei muito sentida e vou fazer uma cena;
Ao Papá Urso, apesar de ele ter mais que fazer a mudar fraldas e acordar todas as noites, porque é cliente honoris causa desta padaria;
Á Kitty, porque também é cliente honoris causa desta padaria;
Aos AAS, como castigo por terem andado que tempos sem cá pôr os pés. Devem ter andado a gastar doutra padaria;
e finalmente à So, que com o seu espírito jornalístico há-de arranjar boas respostas para isto.


PS: Ah! O título deste post é só para ver se alguém lê.

5/30/2005

GAIJAS BOAS

O contador deste blog anda a precisar de animar. Assim, após consultas a várias pessoas devidamente informadas, fiquei a saber que o que há de melhor para animar o contador de um blog é:

GAJAS BOAS

Por isso, apesar deste tipo de post carregado de facilitismo não fazer o meu género, mas imbuída do espírito de "é por uma boa causa" estas são as mais boas de que me consegui lembrar.
Cá estão elas, espero que gostem.

Gaja Boa 1
Gaja Boa 2
Gaja Boa 3

ET... VOILÁ!

Image hosted by Photobucket.com

5/29/2005

Eu sei, eu sei, estou atrasada, só que na sexta-feira fiz ponte. Também sou filha de deus, embora seja mais parecida com o criado dele, o padre velhote cá da freguesia. A minha mãe diz que é só coincidência.
Vamos lá aos clientes desta semana:

K@: Será que o Rennie pode ter efeitos secundários ao nível do "apetite"? É que, se sim, vou já pedir uns Rennizitos à vizinha do 5º Esqº!...Ao Tio Joaquim provoca grandes diarreias, por isso espero que a vizinha do 5º esq esteja bem fornecida de Collogar. Boa sorte!

SALTAPOCINHAS: Tu sabes que habilitações são precisas para se chegar a ex-ministra?? Mas repara que eu não quero ser ministra, só ex, entendeste? Claro que entendeste, és uma rapariga esperta e agora com toda essa aproximação ao patrão ainda vais melhorar!
Lamento decepcionar-te mas para chegares a ex-ministra tens que ser ministra primeiro. Não há outro método. E para chegares a ministra tens que cumprir pelo menos um destes requisitos:
-Ter uma pós-graduação em fazer a folha a todos os gajos de quem finges ser amiga;
-Ser especialista em lambidelas de sapatos até estes ficarem a brilhar;
-Ser uma ganda queca (dizem as más-línguas que foi o que valeu à Manuela Ferreira Leite)
Depois, deixar de ser ministra é fácil. Basta tomares uma decisão honesta e vais logo à vida.
Boa sorte para ti também!

5/27/2005

TRÊS CONCLUSÕES BRILHANTES DE UM DIA DE SORNA

PRIMEIRA:

Existe um feriado religioso no qual se celebra Deus mas sem a respectiva cabeça. Só o corpo.

SEGUNDA:

Nesse feriado, realiza-se anualmente em Monção uma festa a que foi dado o nome de “Torneio da Coca”. Ena!

TERCEIRA E MAIS IMPORTANTE:

Concluí, após uma atenta observação, que toda a minha roupa é preta, ou vermelha, ou de ambas as cores. Vou chamar a este síndrome ainda desconhecido, o síndrome da joaninha.

5/23/2005

ONDE É QUE O GAJO ESTAVA?

Marques Mendes tem bombardeado o governo com críticas e exigência de medidas para resolver o problema do buracão nas contas públicas.
É da minha vista ou o homem faz parte do partido que esteve nos últimos anos no governo e é responsável pelas sucessivas operações de cosmética que redundaram na barracada agora exposta?
Onde é que ele estava afinal?
Será que é um urso e estava a hibernar?

5/20/2005

Ora então cá estou eu para mais uma sessão de esclarecimentos.Em primeiro lugar quero relembrar que hoje à noite há a apresentação do livro do meu já amigo pessoal Ivar Corceiro, no bar Clandestino em Aveiro.Infelizmente eu não vou poder lá estar porque está para me vir o período e eu estou em grande tensão pré-menstrual. Como nestes dias tenho uma certa tendência a partir os dentes todos aos empregados de bar e de restaurantes que me aparecem pela frente é melhor ficar por casa. Vai a patroa, que não sofre disso, mais o patrãozinho (desde que me aumentou ando muito mais amiga dele).

Mas vamos aos nossos leitores e às suas questões:
MUSHU: Tomei Xanax. Agora como faço para acordar?
Então, agora tomas anfetaminas! Boa sorte!
A OUTRA ROSARINHO: Do mariage é que não ouço falar! Olha que os bons partidos voam mais depressa que as andorinhas e já está quase a acabar a Primavera! (que lindo poema este!)Rosarinho, quem é a Xanax? É alguma Nossa Senhora? Uma Santa Alexandrina a que os jovens de agora chamam Xanax? E a Dona Mushu não consegue acordar porquê? Foi a emoção de ver uma Virgem? E como é que se "Toma Xanax"? É rezando o terço? Eu farto-me de o rezar e nunca apanhei com ninguém para além das minhas vizinhas !?
Quanto à primeira parte, desisti do homem. O patrão aumentou-me, por isso agora acho que tenho hipóteses por aqui. A ver vamos. Mas o teu poema das andorinhas foi lindo sim senhores, continua. Mais uns tempinhos estás a escrever letras para o Tony Carreira.Quanto ao resto á assim: Há de facto alguma relação entre o consumo de xanax e a aparição de virgens e afins. Tanto quando tomas o primeiro como quando acreditas nas segundas ficas com uma certa sensação de te terem cozido o cérebro. Evita ambas. A Mushu é um caso diferente, convenceu-se que quando veio a este mundo trazia livro de instruções, pelo que estava a precisar de acalmar uma bequinha.
WAKEWINHA: Como exorcizar espíritos maus que nos inundam a casa ao sábado à noite sem sequer pedir licença (exemplos que deveriam virar fósseis: José Castelo Branco e Teresa Guilherme)?!?
Cruzes rapariga! Credo! E tu deixa-los entrar? O mal é deixá-los entrar!!! Essa merda é viciante! Agarras aquele gosto perverso pelo reles e pela degradação e depois não queres outra coisa! Qualquer dia estás a ver a missa ao domingo de manhã!
MFC: Quanto aos carrinhos da Feira de Março.... eu até prefiro que seja noutra feira qualquer... pecebes??!E já agora pergunta lá ao velhinho se a gente passa no teste do oftalmologista e ficamos com BOAVISTA...
Primeiros: É da minha vista ou tu andas-te a fazer à fruta? É que se andas a conversa começa a ser outra, primeiro tens que apresentar curriculum detalhado.Segundos: Deus queira que eu esteja enganada (até porque conheço um que vai andar mal disposto de caraças que é o patrão), mas estou cá com um pressentimento que este fim de semana vamos ter aí os morcões a gritar que são os máiores mais uma vez. Deus nos guarde!
K@:Se a derrota no Campeonato e a (possível) vitória na UEFA por parte do Sporting vierem a fazer mossa no meu sistema nervoso... que vantagens e desvantagens poderá isso ter no meu... "desempenho"?Então... ‘tás melhorzinho?

E MAIS UMA PAUSA PARA PUBLICIDADE

Mais uma vez patrocinada por Leonardo da Vinci, amigo pessoal da Rosarinho e que está aqui a empatar tempo enquanto ela não aparece.

Image hosted by Photobucket.com

E AGORA UM INTERVALO PARA PUBLICIDADE

Image hosted by Photobucket.com

E não se esqueçam! Logo à noite no Bar Clandestino o lançamento do livro do nosso net colega Bagaço! Espero que não o lancem com muita força para que as folhas não se soltem!

ESCLARECIMENTO DO POST DOS PINTAINHOS

Os meus clientes, sempre tão dedicados, não merecem ficar neste impasse, sujeitos a traumas ou outros distúrbios mentais mais graves ainda que os poderão afectar para toda a vida.
Por isso aqui vai o devido esclarecimento.
Ontem consegui juntar os meus filhos todos a almoçar comigo, o que é raro porque dois já são maiores e vacinados e a mais velha nem sequer mora cá no burgo.
O que foi bom.

Curiosamente, foi nesse almoço ouvimos, na mesa ao lado, a boca do post seguinte, lol! E juro-vos que não era uma tasca nem nenhum lugar de reputação duvidosa!

5/19/2005

OUVIDA À HORA DE ALMOÇO

Eu cá não tomo medicamentos nem nada dessas cenas pá. Tenho um amigo que andava sempre com uma cerveja na mão e um canhão na outra... bateu mal... agora quando vê uma máquina de tirar finos começa a rezar. É por isso que eu, pá, não tomo nada dessas coisas, nem xanax, nem prozac, nada!

Para aí há uns dois anos que não conseguia fazer o que fiz hoje.
Vou encará-lo como uma finta à falta de boa estrela que me tem perseguido nos últimos tempos...
...e bater na madeira.

5/18/2005

DEPOIS QUEIXEM-SE QUE AQUI NÃO HÁ CULTURA!

E porque hoje se celebra o Dia Internacional dos Museus e porque o farinha é, como já se sabe, uma boa peça de museu, perdão, um serviço público da melhor qualidade, resolvemos proporcionar aos clientes visitas a nove museus sem terem que levantar os respectivos cuzes de onde eles se encontram neste preciso instante. Confessamos que foi difícil seleccionar as temáticas para uma clientela tão exigente como a nossa, mas depois de uma profunda e aturada investigação, concluímos que o melhor é não abusar da mioleira do pessoal ou ficamos com a casa às moscas num instante.
Preparem-se, pois, para visitar um museu de bananas, outro de guardanapos, outro de lanternas, outro de calculadoras de fabrico soviético, outro de arte de qualidade merdosa, outro de aparelhos médicos de utilidade duvidosa, outro de pensos rápidos daqueles que se vendem nos semáforos, outro de pacotes de açúcar e mais um dedicado àqueles dias felizes em que temos a oportunidade de usar pensos higiénicos.
Eu bem sei que o que vocês queriam mesmo era sexo, mas lixem-se, que isto aqui é uma casa séria.

CENA VERÍDICA NUM RESTAURANTE EM AVEIRO

-Hortelã para pôr na canjinha é que não temos!
-Mas eu não quero hortelã, quero limão!
-Ah! Isso temos! Sabe, é que o pessoal de Lisboa costuma gostar de pôr hortelã na canja!
-...


-Oh Didas, isto de ser de Lisboa nota-se muito?
-Não querido! Já te fizeram foi um retrato falado à força toda!


Moral da história: Somos mesmo muito conhecidos em Aveiro! Alguém quer um autógrafo?

5/17/2005

ESTÁ VISTO, ESTOU EM MARÉ DE CORRENTES

Acho que hoje é mesmo dia de correntes. Esta foi um gentil presente do Finúrias.

1. Qual o último filme que viste no cinema?
Este.

2. Qual a tua sessão preferida?
Uma qualquer desde que não haja disto.

3. Qual o primeiro filme que te fascinou?
Este.

4. Para que filme gostarias de te ver transportado(a)?
Para este.

5. E já agora, qual a personagem de filme que gostarias de conhecer um dia?
Eu já sou uma ganda personagem.

6. E que actor(actriz)/realizador(a)/argumentista/produtor(a) gostarias de convidar para jantar?
Preferia ser eu convidada. Para que diabo ia eu pagar um jantar a um cromo desses?

7. A quem vou passar isto?
A quem quiser responder. Depois digam-me para eu ir lá ver.

E COMO OS CLIENTES DO FARINHA SÃO UNS GAJOS CULTOS E INTELIGENTES...

...vamos lá adivinhar que quadro é que eu abandalhei hoje e qual o autor.

Caramba, isto parece o Um Contra Todos!

Image hosted by Photobucket.com



E pronto, cá está ele.
A PRIMAVERA DE SANDRO BOTTICELLI

5/16/2005

SOMOS UMA CAMBADA!

Agora é arranjar bilhete para aquela coisa que o Sporting vai jogar com não sei quem para ganhar não sei o quê.
Agora é arranjar bilhete para o jogo do Benfica na última jornada.
Agora é entrevistar toda a gente que está na fila a comprar bilhetes para que nos digam como as suas vidas inteiras se resumem ao amor pelo clube.
Agora é ver entrevistar os especialistas (?!) estrangeiros em eurovisão para os ouvir dizer "Portugal has a very interesting song, I think they will qualify for the finals" e ler nas legendas "Portugal tem a melhor canção, acho que merece ganhar o troféu".
Agora é fazer figas para que mais um escritor mediático escreva um livro mediático em que apareça a palavra "Portugal" a linhas 23 da página 288.
Agora é convidar o escritor para vir cá à pala dar muitas entrevistas em que vai explicar como é que se lembrou de escrever a palavra "Portugal" a linhas 23 da página 288.

OLHA OUTRA!

A Gotinha resolveu passar-me mais esta correntezinha. Desta feita sobre energia nuclear e geo-estratégia militar. E eu, como sou uma padeira porreira, cá estou a responder. Pelo menos nestas cenas a gente-se sente-se famosa, sempre a responder a entrevistas, sei lá...

Que fazes neste momento?
Qualquer coisa como isto.

Que planos tens para este fim de semana?
Qualquer coisa como isto era fixe...

Que coisas te causam stress neste momento?
Qualquer coisa como isto.

Que fizeste desde o acordar até agora?
Qualquer coisa como isto, mais coisa menos coisa.

A quem irás passar isto?
A este, a este, a este, a este e a este. E ai deles que não respondam!

5/13/2005

Olá meus queridos clientes. Cá estou eu para a minha consulta semanal que desta vez e por uma feliz coincidência calhou exactamente no dia da nossa senhora de fátima, de quem sou muito devota. Eu e a minha Tia Maria das Dores, que todos os anos ia lá pôr

IT´S AN INJUSTICE, IT IS!

Hoje logo pela manhã liguei a televisão e fartei-me de ouvir discursos em que se defendia que os adeptos de futebol são umas vítimas, coitadinhos, que eles não têm culpa dos distúrbios, que a comunicação social se farta de denegrir a sua imagem, que eles só querem ter o prazer de ver um bom jogo, que muitas vezes até é a polícia, com a sua atitude provocadora e exibicionista que os incendeia...
A gente farta-se de aprender coisas novas a ver televisão não é?


Adepto preparando-se psicologicamente para o benfica-sporteim

FAZ HOJE PRECISAMENTE 88 ANOS

Que nasceu a pura lã virgem.

Porque algures numa aldeia, um certo pastorinho, passou a andar entretido com uma senhora que lhe aparecia de vez em quando...
... e deixou as ovelhinhas em paz.

5/11/2005

TÁS A P'CEBER?

É a versão portuguesa do "you know". Estamos a assistir a uma entrevista com um músico ou um actor ou outro merdoso qualquer cheio de style o só ouvimos isso, you know, and then I shit all over, you know, because I can´t even say a sentence properly, you know, and my wife is a whore, you know, and my youngest is a junkie, you know, totally fucked up man... you know... And you know, I can´t quite remember what you asked me, you know...

PS: Amanhã é feriado por cá. Roam-se!

ROLLING STONES ANUNCIAM NOVO TOUR MUNDIAL



Os fãs já aguardam visivelmente excitados e adiantam que "Todos esperamos que eles se lembrem das letras!".
Um porta-voz do grupo já esclareceu que se lembram das letras quase todas e, se se esquecerem de alguma, cada um canta o bocadinho que se lembra e juntam tudo.
Correm rumores que o objectivo é destronar o falecido papa João Paulo II do lugar que ocupa no Guinness Book of Records como o humano que mais tempo se manteve na vida activa... mesmo depois de se esquecer das letras todas.

5/10/2005

SOU MESMO DISTRAÍDA

Cheguei ao pé de alguém e disse:
-Que estranho! Anda tanta gente a ter furos nos pneus! Ontem vi para aí uns seis grupos de pessoas com coletes reflectores e hoje já vi mais uns dois ou três!
E a outra pessoa:
-Acho que são peregrinos que vão para Fátima...

Anda-me a correr um bocado mal a vida...

Mas às tantas é por não usar os pensinhos diários da Evax com aloe vera.

5/09/2005

ASSIM TAMBÉM VALE?

Neste sábado, perto da minha casa, numa estradinha onde mal se cruzam dois ligeiros, estava uma senhor alegremente a lavar o seu carrinho à porta de casa, como fica bem a qualquer "chefe" de família da classe média baixa suburbana que tenha um crucifixo pendurado no retrovisor, o que era o caso. Por acaso parece-me que é proibido fazer tal coisa na via pública, digo eu... Digo eu porque quando passámos por esse senhor, cruzámo-nos com um veículo da GNR que, para nós passarmos, teve que abrandar atrás do tal senhor lavador de carros. Pensam que lhe disseram alguma coisa? Nada! Foi como se nada se estivesse a passar. Cão por uva vindimada!

Há uns tempos atrás, quando estávamos a fazer a rotunda do Parque de Feiras em Aveiro já de noite andavam uns putos de bicicleta, aos pares e sem luz, a fazer a mesma rotunda em sentido contrário e aos zigue-zagues, com os automobilistas todos a desviarem-se em pânico. Um autêntico festival! Por um acaso nesse momento passou também um polícia da PSP de motorizada. Pensam que parou para lhes dizer alguma coisa? Nada! Como cão por uva vindimada!

Do que eles gostam é de nos apanhar nos dias em que nos esquecemos dos documentos em casa, por exemplo, ou quando não paramos convenientemente num stop numa estrada deserta, ambas situações de graaande perigo!

E ainda querem que a gente acredite na Prevenção Rodoviária?

APRESENTAMOS O PRIMEIRO EPISÓDIO DA FAMÍLIA "e SILVA", UM EXCLUSIVO DO FARINHA AMPARO!

Image hosted by Photobucket.com

5/06/2005

Olá queridos! Vamos aos esclarecimentos desta semana!

INHA: Gostava de perguntar à Rosarinho se as beatas à saída da missa, quando é noite, não deveriam ser obrigadas a usar colete reflector, uma vez que andam aos magotes, parecem corvos e não se vê. Logo a gente arrisca-se a levar uma catrapuzada delas na frente.
E em caso de acidente, pode considerar-se que estamos a lesar património do estado?
Muito bem Inha, uma pergunta deveras complexa. Por princípio, nós aqui na padaria achamos que todos os elementos perigosos deviam andar identificados, sejam eles beatas, PSP’s, políticos, serial killers ou quaisquer outros. As áreas circundantes aos edifícios onde se praticam cultos religiosos ou concertos de festejos académicos deveriam ser muito bem iluminadas para evitar danos em propriedade privada: Tanto podemos ficar com os ossos duma beata enfiados na grelha do carro como a pintura toda lixada pelo vomitado dum puto em ritual de passagem. Vamos propor ao governo a aprovação duma lei nesse sentido.

BAGAÇO AMARELO: peço à Rosarinho que me explique como é que se faz para ajudar uma pessoa como o Major Valentim Loureiro, que anda nitidamente a ser perseguido pela justiça sem razão nenhuma. Ainda ontem o vi a dizer que os árbitro é que lhe telefonaram a ele a pedir apoio psicológico para os jogos, no caso do apito dourado, e que ele nunca fez um telefonema a um único árbitro...
Finalmente um cliente que se preocupa com causas humanitárias. Eu, na minha opinião, tirava o telemóvel ao Valentim e trancava o senhor a sete chaves durante uns anos. Pelo menos até os árbitros perderem a mania de o incomodar com telefonemas, coitado!...

PAPO-SECO: 1.O fetichismo é inspirado nas múmias?
2.O contrário é que é verdade?
3.No outro dia ouvi o meu vizinho do rés do chão gritar para a mulher – Vá deixa-te de merdas e múmia aqui. Será que ele é arqueólogo?
4.E aqueles santinhos nas igrejas são múmias mais modernas?
5.E as sotainas dos padres são múmias mal apertadas?
6.E que faço eu aqui?
O Papo-Seco abusou, claro. Não pode a gente vir aqui dar umas consultas à borla que há logo quem se aproveite. Mas como eu hoje até estou bem disposta vamos a isso:
1.Meu querido Papo-Seco, há muito tipo de fetiches e não só aquele em que estás a pensar e que aparece mais na televisão e nas revistas. Lê uns livros querido, lê uns livros!
2.Esta está respondida por natureza.
3.É possível, é possível. Que idade tem a vizinha?
4.Não. São na mesma múmias antigas. E os que estão sentados nos bancos também.
5.Nem queiras saber o que se esconde nessas sotainas! Olha, eu pelo menos não quero.
6.Não sei. Vieste aos cacetes? Aos brioches? Às carcaças?

CLÁUDIO: Eu queria saber se bou ganhar o euromilhões.
Ouve lá, oh chavalo, estás-me a achar com cara de Astróloga Maya? Eu sou uma rapariga honesta!

LUÍS: como respondes aos rumores que apontam Alberto João Jardim como o homem mais atraente e culto do seu próprio quarto? Podendo escolher, qual a tortura que lhe aplicarias?
Para começar, pelas investigações que fiz há lá no quarto um vibrador, comprado pela esposa, mais atraente e culto do que ele. Como tortura obrigava-o a ler o farinha amparo todos os dias. E daí era capaz de gostar...

K@: Se não fosse esse esteio de sabedoria eróticomnipotente... que gostaria de ser?...
Ai querido, fiquei tão emocionada com esta pergunta que até me veio o período mais cedo! Com palavras caras e tudo! Obrigada! Só a parva da minha patroa não me dá valor nenhum.

TURISTA: O SCP ganha a taça UEFA??
Olha olha, mais um a achar-me com cara de bruxa! Estamos mal! Além do que se a minha patroa sabe que eu ando a falar do Sporting, com a raiva com que ela lhe está desde que ganhou ao Beira-Mar, é bem capaz de me despedir!

TALES: Porque é que as lojas que estão abertas 24 horas têm portas?
Não sei. Esta padaria está sempre aberta e não tem portas.

E pronto, na sexta-feira cá estarei de novo. Deixem as vossas perguntas e tenham um bom fim-de-semana!
Reportagem no jornal do canal 1 sobre a Queima das Fitas em Coimbra, hoje na fora de almoço:

Dizia uma menina: "Este ano é para sair todas as noites e não fazer uma única cadeira!"

Que felizes devem ter ficado os papás a ver isto na televisão, especialmente se estiverem naquele grupo de pais que quando os rebentos vão para a universidade, quase deixam de comer para terem dinheiro para pagar o quarto, as propinas e os supostos livros e fotocópias. Ao menos a chavala podia disfarçar para deixar os cotas na alegria da ilusão. Digo mais, se fosse minha filha marchava já para trabalhar na Zara! 'da-se!

AJUDEM-ME A DECIFRAR ESTA MENSAGEM



"Já fiz minetes, broches e curto bué novas experiências embora já tenha experimentado tudo. Ou quase. Liga-me"

A seguir tem um número de telemóvel. Isto está escrito na porta da casa de banho aqui no meu local de trabalho.

5/05/2005

UMA VERDADEIRA HISTÓRIA DE TERROR

Foi há uns meses atrás que isto aconteceu. Eu e o meu marido fomos às compras Ao Carrefour de Aveiro e antes de voltarmos para casa resolvemos tomar um café no larguinho dos restaurantes.
E foi aí que eu vi.
A princípio, não queria acreditar. Não podia ser verdade. Mas todas as evidências apontavam para que fosse, ou seja, o meu marido também conseguia ver distintamente, por isso não era alucinação minha. A uns metros de nós apenas, estava sentado numa cadeira um rabo gordo, com cerca de dois terços da sua totalidade à vista e completamente roxinho, tentando sair de dentro de uns daqueles jeans de cintura baixa muito muito justos. A visão daquelas duas bolas de carne oprimidas e com um afluxo de sangue fora do normal afectou-me de tal maneira que tive que me sentar e pedir um copo de água. Nem naqueles filmes de terror gore tipo Zombie Dezanove e Meio ou A Máscara do Assassino Sangrento eu havia jamais vislumbrado tal horror...
Depois do primeiro choque verificámos que o dito pandeiro pertencia a uma senhora de uns cinquenta anos que se encontrava também sentada na mesma cadeira, embora se possa afirmar sem qualquer dúvida que a traseira da visada já há muito tinha adquirido vontade própria.
Na altura pensei contar-vos esta aventura, caros clientes, e só não o fiz porque, não tendo qualquer máquina fotográfica à mão, corria o risco de ninguém acreditar na minha história e cair em descrédito.
Hoje porém, resolvi tentar desenhar o que vi para que possam partilhar comigo esta triste história.
Isto porque uma notícia que li me fez recordar toda esta carnificina e resolvi perguntar-vos: Não acham que estes senhores têm toda a razão?

Image hosted by Photobucket.com

APROXIMA-SE MAIS UMA MUDANÇA

Voltar a encaixotar 50000 discos de vinil,
Voltar a embrulhar dezenas de pratos, pratinhos e copos em folhas de jornal e esperar que não se partam os nossos preferidos,
Voltar a encaixotar milhares de livros,
Voltar a carregar aquela estante enorme,
Voltar a olhar em volta e ver tudo num caos.

A nossa sétima mudança de casa em menos de 3 anos.
Espero que seja a última, finalmente.

5/04/2005

O HERÓI DO POVO

Image hosted by Photobucket.com

O desaparecido em combate Santana apareceu numa entrevista “casual style” onde, entre outras baboseiras tipo “O que eu fiz por Lisboa meu Deus! Não é que eu queira que me agradeçam, mas podiam pelo menos beijar-me os pés!”, afirmou que já teve imensos convites de estruturas locais do PSD (por exemplo Montemor e Felgueiras) para se candidatar às autárquicas, só que não podia aceitar. Percebemos que o motivo, embora não muito claro, passa apenas e tão só pelo bem-estar das populações e pela honestidade profissional do artista.
De certezinha que não tem nada a ver com o facto de o tacho de primeiro ministro que deixou recentemente render mensalmente 6.897 euros base e o de Presidente da Câmara Municipal de Lisboa dar 5.058 euros. Já o Presidente da Câmara Municipal de Felgueiras aufere qualquer coisa como 4.598 euros e o de Montemor (Novo ou Velho, tanto faz), 4.139 euros. Além disso tudo suspeitamos que nem em Felgueiras nem em Montemor há nenhum tasco parecido com o Lux. Isto tudo, proporcionalmente, corresponderia mais coisa menos coisa a porem-me a mim como funcionária administrativa numa repartição em Rilhafoles de Baixo, o que me originaria, no mínimo, um estado mental maníaco-depressivo em menos de dois dias.
Mas é claro que numa alma tão altruísta como a dele não tem nada a ver, que disparate!

DESCOBERTA MÚMIA MAIS BELA NO EGIPTO



“Uma equipa de arqueólogos egípcia descobriu num local arqueológico a sul do Cairo aquela que descrevem como sendo a múmia mais bela de sempre encontrada no Egipto devido à luminosidade das cores com que está pintada.
O corpo descoberto junto ao complexo de pirâmides de Sakkara, 60 quilómetros a sul do Cairo, que ainda se desconhece a quem pertencia, tem mais de 2.300 anos.”

Grande coisa! Se passarmos ao Domingo aqui na zona da Sé, à hora do fim da missa, podemos ver dezenas de múmias! E nem são tão velhas! Está certo que também não são tão bonitas...


Citações:Correio da Manhã

5/03/2005

PARA QUE SERVEM OS REFERENDOS?

Muitas vezes as pessoas interrogam-se sobre a motivação, a utilidade e o objectivo dos referendos. Trata-se, de facto, de uma questão de resposta bastante simples embora sempre gerida como complexa pelos órgãos do poder. É imperioso que assim seja. O Farinha Amparo, no entanto, sempre atento aos fenómenos políticos e sociais e assumindo-se como um serviço público de primeiríssima água, vem esclarecer de uma vez por todas esta matéria. Não é preciso agradecer.

.Primeiro: Porquê fazer referendos?
Os referendos interessam a todos os sectores políticos. Geralmente processa-se desta forma: A esquerda não pode e não quer ser contra determinada matéria já que essa posição é própria da ala mais conservadora. No entanto, a rigor, tanto se lhe dá como se lhe deu. Por outro lado, não quer assumir-se frontalmente a favor porque já se sabe, numa sociedade profundamente tradicional e católica como a nossa, o peso dos votos do beatério, na chamada esquerda moderada, não é de menosprezar. A direita por seu lado, sabe que uma boa campanha de marketing não precisa de ser honesta nem escrupulosa, apenas boa, logo, aceita sorridentemente a ideia do referendo mesmo que muitas vezes publicamente não o declare.

.Para que servem os referendos?
A rigor para nada. O povinho pouco esclarecido limita-se a votar no que o Sr. Padre ou o partido que geralmente segue manda. Em alternativa, nem sequer lá põe os pés. Quem acaba por ganhar é a empresa que imprime os boletins de voto e as que fazem as campanhas pelo sim ou pelo não. As matérias que vão a referendo podiam perfeitamente ser legisladas pela assembleia da república já que é para isso que a gente paga, e bem, aos gajos que lá põe de quatro em quatro anos. Só que como já explicámos no ponto anterior, a esses só interessa fugir com o rabinho à seringa.

.Qual o verdadeiro objectivo dos referendos?
Logicamente limpar a cara de todos os que não se querem comprometer, nem com as referências de base das próprias ideologias que defendem, nem com as promessas eleitorais que fizeram, porque no fundo não lhes dá jeito nenhum afrontar determinados sectores e lobbies, pondo a responsabilidade das decisões nas mãos do Zé (nome completo Zé Povinho). Outra utilidade é deixar que campanhas descaradas de “desinformação” permitam que tudo continue na mesma, neste país de brandos costumes e paz podre.

-Conclusão e resumo:
Vejamos, em jeito de conclusão e para ilustrar a teoria desenvolvida nesta padaria, o caso concreto do aborto. A maior parte dos gajos que estão no poder e constituem a classe política são homens. Não engravidam e se engravidarem alguém a gente paga-lhes o suficiente para irem a uma boa clínica no estrangeiro resolver o problema. Estão-se pois, literalmente, completamente a borrifar. Não vale a pena chatearem-se com a padralhada (no caso dos de esquerda), nem cuspirem no pratinho onde comem (padralhada e multidão de acólitos) se forem de direita. Põem o Zé Pagode a decidir por eles e já sabem que basta (como bastou da primeira vez) umas ensaboadelas na missa e umas campanhas a mostrar uns embriões de plasticina em tinta vermelha para resolver o assunto a contento.

Isto tudo mostrou saber o Presidente Sampaio ao mandá-los a todos bugiar mais o referendo do aborto, que apesar de recentes escorregadelas nós continuamos a acreditar que não é parvo nenhum.

Pronto.

AQUI VOU SER FELIZ - PART II

Image hosted by Photobucket.com

Encontrámos.
E aqui vamos ser felizes.

5/01/2005

TAMBÉM QUERO QUE ME PATROCINEM!!!

Foi hoje inaugurada em Alverca, com grande pompa e no meio de milhares de beatas altamente excitadas (vulgo rodeada de uma emocionada moldura humana) uma igreja dedicada à Nossa Senhora de Fátima e aos três pastorinhos.
A bonecada foi transportada por um helicóptero da Força Aérea e depois carregada por uns tipos fardados que obviamente pertencem também à dita força.

Em face disto tenho algumas questões a colocar aos clientes desta padaria que, sendo os gajos inteligentes que já se viu que são, saberão com certeza esclarecer-me:

1. A Força Aérea Portuguesa é uma entidade oficial sustentada com verbas provenientes do orçamento de estado, não é?
2. Logo, a Força Aérea é paga por nós, através dos nossos impostos, certo?
3. O estado português é um estado laico, o que significa que é suposto haver uma separação entre estado e organizações religiosas, exacto?
4. Então fomos nós todos, quer concordemos ou não com aquela palhaçada, que pagámos aquilo?
5. Assim sendo, se me apetecer levar os nossos clientes a dar uma voltinha de helicóptero e no fim ainda dar às meninas que o desejem o bónus de serem levadas ao colinho por uns jeitosos fardados, também posso chamar os gajos da Força Aérea?